Publicidade

Instituições se unem em apoio à restrição a viagens no Maranhão

  • em


Ontem (8/4), no primeiro dia de restrições às viagens que tenham São Luís como partida ou destino, conforme determinou decreto estadual, a medida recebeu apoio formal dos poderes legislativo e judiciário estaduais. Em nota conjunta que contou, ainda, com a aprovação do Ministério Público Estadual, da Defensoria Pública do Estado, da Ordem dos Advogados do Brasil – seção Maranhão e da Federação dos Municípios, essas instituições reforçaram a necessidade dessa medida que terá vigência no período de feriados da Semana Santa.

 

No mesmo documento, o conjunto de entidades conclamou a população maranhense a atender às determinações de isolamento social, como forma de conter a disseminação do coronavírus no Estado. Ontem, veio a óbito a 12ª vítima da COVID-19 no Maranhão.

 

Ainda ontem, Resolução do Tribunal de Justiça do Estado autorizou a instalação da Vara de Saúde Pública na Comarca de São Luís. A medida tem, entre seus objetivos, a prevenção ao contágio pelo coronavírus. O desembargador Joaquim Figueiredo, presidente do TJMA, afirmou que a Vara terá instalação imediata.

 

No boletim epidemiológico divulgado na noite de ontem, a Secretaria de Estado da Saúde confirmou 283 casos da COVID-19 no Maranhão, dos quais 259 se concentram nos municípios pertencentes à ilha de São Luís. Ao todo, são 13 municípios do Maranhão que registram casos confirmados. O Estado tem 217 municípios.

 

Ainda segundo dados do boletim, 24 pacientes da COVID-19 estão internados em UTIs, 31 encontram-se em enfermarias e 156 em isolamento domiciliar. Cinquenta casos são considerados como recuperados.

  • Compartilhe