Publicidade

Haddad diz que luta dos negros e das mulheres é das maiorias, e não “pauta identitária”

  • em



O ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato a presidente da República, em entrevista à TV 247, destacou: “as mulheres são 52% do Brasil, os negros são 54%. Estamos falando da maioria da sociedade brasileira”

Ele disse ser “deprimente ver pessoas que podem imaginar que a luta antirracista pode ser adiada”. “Nós não vamos falar disso na campanha? Existe racismo nesse país. Não tem condição de não enfrentar. A violência contra a mulher, você não vai enfrentar? Vai dizer que não existe?”.

Haddad negou a ideia de que tais lutas – a antirracista e pelos direitos das mulheres – sejam “pautas identitárias”. Para ele, estes temas pertencem à “maioria”. “As mulheres são 52% do Brasil, os negros são 54%. Não estamos falando de outra coisa, estamos falando da maioria da sociedade brasileira”.

Do 247

Confira a entrevista:

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *