Publicidade

Governo do Maranhão anuncia abertura de 100 leitos exclusivos para covid-19

  • em


O governador Flávio Dino anunciou hoje em sua conta no Twitter que, nas próximas semanas, o Estado deve colocar em operação mais 100 leitos de terapia intensiva exclusivos para o tratamento da covid-19. O anúncio foi feito em meio a uma forte alta no número de casos ativos da doença, que ontem alcançou o patamar de 7.895 pacientes infectados, o que levou o Maranhão a apresentar a maior alta de média móvel em relação aos 15 dias anteriores.

 

Com o reforço desses leitos anunciados, o Maranhão aumentará em praticamente 30 por cento a disponibilidade de leitos de UTI, que são atualmente em número de 306. A Grande Ilha da capital dispõe de 126, Imperatriz (a segunda maior cidade do Estado) possui 32 desses equipamentos, enquanto os demais 148 encontram-se nos demais municípios interioranos.

 

Atualmente, o Estado arca sozinho com a manutenção desses leitos, uma vez que, desde o fim do ano passado, o governo federal desabilitou os leitos para tratamento de covid-19, o que fez com que o Estado ingressasse com ação junto ao Supremo Tribunal Federal para garantir a habilitação desses equipamentos no âmbito do Sistema Único de Saúde.

 

No texto da petição apresentada ao STF, o Estado argumenta: “Diante desse cenário gravíssimo, observa-se da parte da União, por meio do Ministério da Saúde, uma diminuição do suporte financeiro para custeio de leitos de UTI e que tende a se agravar ainda mais nesse mês de fevereiro/2021, caso nenhuma medida seja adotada”.

 

Por outra parte, a Associação de Pais e Alunos de Instituições de Ensino do Estado do Maranhão (ASPA/MA) orientou as escolas particulares a suspenderem as aulas presenciais “diante da alta proliferação da covid-19 nos ambientes escolares”.

 

A manifestação da ASPA/MA se deu através de nota dirigida a seus associados e assinada pelo presidente da entidade, Marcello Freitas. No texto, o dirigente da Associação informa que, nos últimos 10 dias, 17 escolas particulares da capital suspenderam de forma parcial ou total as aulas presenciais.

 

Também hoje o segundo lote de 71.400 doses de vacinas chegadas ao Maranhão no último domingo alcançou os municípios mais distantes da capital. A vacinação com esse novo lote já iniciou e servirá para imunizar 35.700 pessoas.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *