Publicidade

Google diz ao Supremo que pagou R$ 2,1 milhões em anúncios contra PL das Fake News

  • em



A SeMeta/Facebook (online) foi a empresa que recebeu o maior valor, seguida pelo jornal Folha de S.Paulo. Veja o ranking

 

 

O Google enviou ao ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre um documento e afirmou ter gasto R$ 2,1 milhões em anúncios contra o Projeto de Lei das Fake News (PL 2630). A SeMeta/Facebook (online) foi a empresa que recebeu o maior valor (R$ 639.286,75), seguido pelo jornal Folha de S.Paulo (jornal impresso), com R$ 634.023,94, e pelo jornal Correio Braziliense (jornal impresso): R$ 416.632,32. A lista foi publicada nesta quarta-feira (31) no portal Uol.

 

 

O PL obriga empresas a investirem na implementação de políticas para combater o discurso de ódio na internet. Caso contrário elas podem ser punidas. Pessoas ou instituições que discordam da proposta alegam violação da liberdade de expressão. As propagandas foram veiculadas de 27 de abril a 2 de maio deste ano.

 

 

Um dos pontos em discussão é o financiamento de produção de conteúdo, o que favorece empresas com mais dinheiro e poder de barganha. Por consequência, pode transferir para os oligopólios da mídia o dinheiro da publicidade digital, quebrando uma série de empresas.

 

 

Confira a lista de veículos que receberam do Google, segundo a empresa:

 

 

Meta/Facebook (online): R$ 639.286,75

Folha de S.Paulo (jornal impresso): R$ 634.023,94

Correio Braziliense (jornal impresso): R$ 416.632,32

Spotify (online): R$ 198.234,02

CBN (rádio): R$ 56.544,38

DV360 (plataforma de marketing do Google): R$ 54.844,40

Revista Veja (online): R$ 54.600,00

Antena 1 (rádio): R$ 23.321,60

JB FM (rádio): R$ 19.264,00

Bandnews (rádio): R$ 13.589,12

Google Search (online): R$ 4.009,85

Nova Brasil (rádio): R$ 3.356,16

WEEOH (mídia out-of-home): R$ 3.080,00

JCDECAUX e NEEOH (mídia out-of-home): aparecem na lista do Google enviada ao STF, mas com “valor investido” de R$ 0.

 

 

Foto da capa: Google e link disponibilizado pela empresa contra PL das Fake News (Foto: Reprodução)




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com