Publicidade

Goiânia Mostra Curtas adia 20ª edição do festival para 2021

  • em


No dia previsto de abertura das inscrições de filmes, o festival anunciou que será adiado para o ano que vem. Os impactos da pandemia de Covid-19, além da falta de políticas públicas para o setor, são os principais motivos

 

Um dos mais expressivos festivais de cinema em curtas-metragens do Brasil divulga nesta quarta-feira, 27 de maio, uma carta aberta em que esclarece o adiamento da sua 20ª edição. A Goiânia Mostra Curtas (GMC), tradicionalmente realizada em Goiânia (GO), há 19 anos ininterruptos, sempre acontecia no mês de outubro no Teatro Goiânia, com abertura de inscrições em maio. No ano passado, foram mais de mil inscritos de todas as regiões do País, 70 selecionados e 87 produções exibidas. Desde 2001, já reuniu cerca de 290 mil espectadores, exibiu mais de 2 mil filmes e realizou outras 200 atividades paralelas.

 

A carta, assinada pela diretora da GMC, Maria Abdalla, ressalta que o festival precisou ser adiado principalmente devido ao agravamento da crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus, e também em decorrência da ausência de políticas públicas municipal, estadual e federal. Mas, mesmo diante desses cenários, destacou o compromisso de realização da edição em 2021, adiando as comemorações de 20 anos. O texto também expressa apoio aos demais eventos culturais que precisaram ser cancelados, adiados ou adaptados para o formato streaming.

 

A Goiânia Mostra Curtas é realizada e produzida pelo Icumam Cultural e Instituto. São quatro mostras competitivas: Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás, Curta Mostra Animação e a Mostrinha – voltada ao público infanto-juvenil, além da Curta Mostra Especial. Há ainda pocket show e homenagens a nomes consagrados do audiovisual brasileiro. A programação paralela, na Feira Audiovisual, oferece também oficinas, master classes, debates, painéis, laboratórios, lançamentos literários, encontros e atividades de network.

 

Leia a íntegra da carta:

 

CARTA DE ADIAMENTO DA 20ª GOIÂNIA MOSTRA CURTAS

 

Hoje seria, assim como foi nos últimos 19 anos, um dos dias mais agitados e felizes do Icumam, pois havíamos programado para esta data, 27 de maio de 2020, a abertura das inscrições para a 20ª edição da Goiânia Mostra Curtas, um festival reconhecido nacionalmente como uma das principais janelas de curtas-metragens do Brasil, que já reuniu cerca de 290 mil espectadores, exibiu mais de 2 mil filmes e realizou outras 200 atividades desde 2001.

 

Entretanto, devido à situação de emergência de combate à Covid-19 e seus efeitos na organização de eventos públicos, conversamos com nossos colaboradores. E, depois de examinar possíveis cenários – inclusive da realização do festival num futuro próximo ou até mesmo em um formato diferente como a exibição dos filmes por streaming –, decidimos adiar a realização do evento para o ano de 2021.

 

Essa decisão se dá principalmente pelo compromisso e responsabilidade que o Icumam tem para com o seu público, seus colaboradores, os realizadores e as suas obras, com nossos parceiros locais, regionais e nacionais, pois nessas duas décadas buscamos sempre manter o objetivo principal do nosso evento: tornar Goiânia um local de encontro e descoberta.

 

Ao longo de todos esses anos, sempre tivemos parcerias governamentais em todas as esferas, bem como com as iniciativas privadas e do terceiro setor. Porém, além de toda a complexidade sanitária deste momento, nós realizadores de eventos artísticos, atualmente temos ainda que lidar com o sentimento de abandono por parte de todas as esferas públicas, seja por falta de incentivos para podermos nos manter durante esse período, ou até mesmo pela falta de diretrizes claras para um retorno gradual e seguro ao convívio social.

 

A Goiânia Mostra Curtas gostaria de expressar sua solidariedade com outros eventos da indústria cinematográfica que tiveram que ser cancelados ou adiados, sabemos o quanto eles são decisivos para o nosso setor, e ao mesmo tempo sabemos o quanto eles são importantes para a formação de público, para a consciência estética, a educação e a libertação de nosso povo. Portanto, nos comprometemos a usar nossa página na internet, assim como nossa mídia social, para sugerir e apoiar os eventos que acontecem por plataformas de streaming online.

 

A próxima edição de nosso evento marcará também os nossos 20 anos, que foram sempre ligados estritamente ao compromisso de incluir a cidade de Goiânia (GO) no calendário dos eventos audiovisuais mais importantes do país; de trazer ao público de todas as idades o que há de melhor, de mais inovador e de mais instigante no cinema nacional; e ainda oferecer aos cineastas  que se dedicam ao curta, uma tela de cinema repleta de tudo o que vem junto com ela: o convívio mútuo, a troca de ideias, o aplauso, o carinho.

 

Foram 19 edições ininterruptas, tendo como casa o Teatro Goiânia. Uma sequência que terá uma pausa, mas continuará. Prometemos usar este ano para, junto de nossos colaboradores, patrocinadores, governantes e de nosso público, estudar os vários cenários e considerar todas as variações possíveis, para a nossa 20ª Edição, em 2021, de uma forma segura para todos.

 

Vida longa para a Goiânia Mostras Curtas. Dias melhores virão.

 

Goiânia, 27 de maio de 2020.

 

Maria Abdalla

Diretora Geral

20ª Goiânia Mostra Curtas

  • Compartilhe