Publicidade

Gilberto Carvalho assumirá Secretaria de Economia Solidária

  • em



Ex-ministro ficou 12 anos no Planalto, com Lula e Dilma, mas diz que hoje tem cada vez mais prurido de ‘palácios’

 

Ex-chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva por dois mandatos, Gilberto Carvalho não irá, desta vez, para o Palácio do Planalto. Carvalho vai assumir agora a Secretaria de Economia Solidária. A pasta está na estrutura do Ministério do Trabalho, comandado por Luiz Marinho, que tomou posse nesta terça-feira, 2.

 

 

No domingo, 1.º, Carvalho assistiu à posse de Lula do outro lado do Planalto, na Praça dos Três Poderes. “Queria sentir o povo. Tenho cada vez mais prurido com palácios”, disse ele ao Estadão, ao lembrar que já trabalhou 12 anos no Planalto. O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, que em 2003 subiu a rampa do Planalto atrás de Lula, desta vez também preferiu ficar “na grama” da Esplanada, ao lado dos militantes. “Foi um dia histórico”, resumiu.

 

 

O novo chefe de gabinete de Lula será Marco Aurélio Santana Ribeiro, o Marcola. Da velha guarda do PT, Carvalho – chamado por Lula de “Gilbertinho” – foi ministro da Secretaria-Geral da Presidência no governo de Dilma Rousseff. Ex-seminarista, ele atuou na campanha para aproximar o PT dos religiosos, especialmente dos evangélicos.

 

 

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, queria que Carvalho fosse para a presidência da Fundação Perseu Abramo no lugar de Aloizio Mercadante. Ex-ministro no governo Dilma, Mercadante vai agora comandar o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

 

Marinho, porém, insistiu no convite a Carvalho, feito em 15 de dezembro, dia em que eles participaram, ao lado de Lula, do Natal dos catadores de materiais recicláveis, em São Paulo. Na lista das funções da secretaria estão justamente o incentivo à formação de cooperativas de catadores e o apoio à agricultura familiar.

 

 

Por Vera Rosa – Estadão
03/01/2023 | 21h33

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *