Publicidade

Futuro chanceler alemão encantado em encontrar-se com Lula

  • em



O atual vice-chanceler e vencedor das eleições parlamentares alemãs em setembro, Olaf Scholz, disse que ficou encantado em se encontrar com o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, informou hoje o site Brasil 247

 

 

“Estou muito satisfeito com nossas boas conversas e estou ansioso para continuar o diálogo”, disse Scholz, que está atualmente negociando a formação de um governo para suceder a Angela Merkel.

 

Scholz é filiado ao Partido Social Democrata da Alemanha (SPD ou Sozialdemokratische Partei Deutschlands).

 

O site de notícias critica que “os principais jornais brasileiros de mídia corporativa, Folha de São Paulo, O Globo e Estado de São Paulo, ignoraram o encontro entre Lula e Scholz, o futuro chanceler alemão, que liderará uma das maiores economias do mundo e um dos maiores parceiros comerciais do Brasil”.

 

Durante sua viagem pela Europa, o fundador do Partido dos Trabalhadores (PT), líder em todas as pesquisas de opinião para as eleições de 2022, falou ontem com o presidente da Friedrich-Ebert-Stiftung eV (FES), Martin Schulz, que é ex-presidente do Parlamento Europeu e também membro do SPD.

 

Fontes próximas ao PT dizem que a viagem de Lula a quatro países europeus (Alemanha, Bélgica, França e Espanha) servirá para fortalecer seu nome internacionalmente no período que antecede a corrida presidencial do próximo ano, depois que ele recuperar seus direitos políticos após a anulação de todas as suas convicções.

 

O antigo líder sindical também espera reverter a imagem de isolamento que o Presidente Jair Bolsonaro deu durante a reunião do G20 na Itália, no início de novembro.

 

De acordo com a agenda da turnê, em 15 de novembro Lula participará de uma reunião com o bloco social-democrata na sessão plenária do Parlamento Europeu em Bruxelas, Bélgica.

 

O evento se concentrará nos desafios do mundo pós-pandêmico e o ex-governador foi convidado a proferir o discurso de encerramento.

 

Também na próxima semana, Lula dará uma palestra no Institut d’Etudes Politiques em Paris e receberá o prêmio Political Courage 2021, concedido pela revista Politique Internationale.

 

Fundada em 1978, a publicação trimestral especializada em diplomacia, justificou sua decisão pela “esperança que (Lula) encarna aos olhos da grande maioria de seus compatriotas, decepcionada com a presidência de Bolsonaro”.

 

O ex-chefe de Estado também planeja se encontrar com a prefeita de Paris, Anne Hidalgo.

 

A última parada do ex-presidente será na Espanha, onde ele participará de uma conferência e falará com os líderes políticos.

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *