Publicidade

Fundo de petróleo de US $ 1,4 trilhão da Noruega está mudando foco dos investimentos

  • em



O maior fundo de riqueza soberana do mundo, o Fundo de Pensão Governamental Global (GPFG) da Noruega, de US $ 1,4 trilhão, está pré-avaliando as empresas quanto ao risco de sustentabilidade antes de decidir investir nelas e, em uma década, se desfez de 366 empresas que avaliou como deficientes modelos de negócios sustentáveis.

 

 

Só este ano, o fundo avaliou o risco de sustentabilidade em mais de 400 empresas que foram adicionadas ao índice do fundo e optou por abster-se de investir em nove empresas que acredita que irão aumentar o risco financeiro do fundo a longo prazo, afirmou o Norges Bank Investment Management na terça-feira (14) em uma atualização sobre suas ações para se proteger de riscos a longo prazo.

 

 

“Além das nove empresas que optamos por não investir, desinvestimos este ano de 43 empresas que consideramos não ter modelos de negócios sustentáveis. Isso inclui empresas expostas a riscos significativos relacionados a mudanças climáticas, gestão da água e corrupção “, disse o fundo em um comunicado.

 

 

O objetivo final do processo de pré-seleção do fundo e das decisões de não investir em certas empresas ou desinvestir de outras é protegê-lo de riscos que poderiam levar a perdas financeiras, disse a Diretora de Governança Corporativa Carine Smith Ihenacho à Bloomberg, em uma entrevista.

 

 

Um painel do governo norueguês disse em agosto que o fundo deveria pedir às empresas de petróleo em seu portfólio que cortassem suas emissões de forma mais drástica. Um relatório de um grupo de especialistas recomendou que o trabalho sobre risco climático seja ancorado no mandato do fundo, segundo o qual o “investimento responsável do Norges Bank se baseia em uma meta geral de longo prazo de zero emissões das empresas nas quais o fundo investiu, em linha com o Acordo de Paris. ”

 

 

A Noruega é um dos países mais ricos da Europa graças às décadas de receitas do petróleo acumuladas pelo maior fundo soberano do mundo, com US $ 1,4 trilhão em ativos e participações nas principais petrolíferas Exxon, Chevron, Shell e BP.

 

 

Fonte: https://oilprice.com/Latest-Energy-News/World-News/Norways-14-Trillion-Oil-Fund-Is-Divesting-Fast.html

 

 

 




 

 

SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

O Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *