Publicidade

Frente Nacional dos Trabalhadores reafirma denúncia da Nicarágua à OEA

  • em



Do auditório Fernando Gordillo, movimentos sociais e sindicais denunciaram a insolência e a ousadia da OEA na tentativa de influenciar o destino da Nicarágua

 

 

Frente Nacional dos Trabalhadores (FNT), representada por movimentos sociais e sindicais, reafirmou neste sábado a decisão do Governo da Nicarágua e do presidente da República, comandante Daniel Ortega Saavedra,de denunciar a carta da OEA.

 

 

O pronunciamento dos sindicatos ANDEN, UNEN, FETSALUD, Professores Universitários, Trabalhadores Autônomos e outros movimentos, mostra o apoio do sindicato ao nosso país, diante das ações intervencionistas promovidas pela organização internacional contra o nosso povo.

 

 

Do auditório Fernando Gordillo denunciou a insolência e a ousadia da OEA para tentar influenciar o destino da Nicarágua,enquanto eles protagonizavam uma cantata revolucionária, como uma demonstração de amor à nossa pátria e a favor dos princípios anti-imperialistas e da defesa da soberania promulgada pela Frente Sandinista.

 

 

Durante a reunião, frases como “Não poderiam, nem serão capazes”, “a OEA é o ministério da colônia dos Estados Unidos”, “a OEA é o esterco e não vamos continuar”, o que evidendo os sentimentos do povo.

 

 

Em sua mensagem, o secretário-geral da FNT, Dr. Gustavo, destacou a liderança do Comandante Daniel na luta constante e no trabalho para alcançar a independência definitiva, porque a Nicarágua não é colônia de ninguém.

 

 

“Estamos aqui com dignidade e com a decisão de continuar caminhando em um ritmo constante até alcançarmos nossa independência definitiva. Estamos a caminho da segunda e definitiva independência, esse é o nosso caminho e somos guiados pela FSLN e com Daniel na frente, estamos caminhando com segurança, estamos indo com mais experiência, disse.

 

 

Da mesma forma, ele apontou a convicção da Nicarágua para defender sua autodeterminação, uma vez que nunca foi escrava, como demonstrado pela Revolução Sandinista que triunfou em 19 de julho de 1979.

 

 

Nesse sentido, ele lembrou a marca de nossos ancestrais indígenas que lutaram e resistiram diante da colônia espanhola. “É um valor que Diriangén e Nicarao assumiram não serem escravos, é a coragem e dignidade que Tomás Ruiz assumiu não ser escravo, é o valor que nossos heróis de São Jacinto assumiram, a coragem e dignidade que Andrés Castro assumiu com pedra na mão em uma luta desigual triunfando com o coração e com a decisão e coragem do nicaraguense” disse.

 

 

Em seguida, o pronunciamento do FNT e dos diferentes movimentos sociais:

 

 

POSIÇÃO DE APOIO AOS MOVIMENTOS TRABALHISTAS E SOCIAIS DA NICARÁGUA DIANTE DA DECISÃO CORRETA DO ESTADO E DO GOVERNO DA NICARÁGUA DE DENUNCIAR A CARTA DA OEA.

 

 

Soberania não é discutida, é defendida…!

 

 

Augusto C. Sandino.

 

 

A Frente Nacional dos Trabalhadores (FNT) e a Coordenadora Social da Nicarágua, composta por centenas de milhares de nicaraguenses organizados em diferentes setores: Centrais, Confederações, Federações, Sindicatos, Cooperativas, Organizações Baseadas na Fé, Organizações Comunitárias, Jovens, Estudantes, Mulheres, Membros Aposentados das Forças Armadas, Afro-Caribe e Povos Indígenas, querem expressar ao povo nicaraguense e à comunidade internacional o seguinte:

 

 

  1. Apoiamos categoricamente a posição de Defesa da Soberania Nacional expressa pelo Chefe de Estado e governo da Nicarágua, comandante Daniel Ortega Saavedra, que decidiu denunciar a Carta da Organização dos Estados Americanos (OEA), iniciando assim a decisão indeclinável da retirada da Nicarágua desta organização.
  2. REJEITAR E CONDENAR a atitude intervencionista da OEA, que ao longo de sua história tem manifestado repetidamente seu caráter de desrespeito ao direito internacional, à liberdade, à soberania e à autodeterminação dos povos, atacando o direito à paz e à prosperidade dos países da região; há muitos exemplos na América Latina e no Caribe, onde ele tem servido repetidamente junto com os aparelhos terroristas dos Estados Unidos da América para organizar golpes contra governos progressistas e democráticos que são apoiados pelas grandes maiorias. Longe de cumprir seus princípios e propósitos fundadores, este órgão regional irresponsavelmente os transgredi em sua ânsia de defender os interesses do império ianque.
  3. Defendemos com dignidade e sem hesitação a soberania nacional contra qualquer agressão contra o Estado nicaraguense. Não podemos esquecer que em 2018, na Nicarágua, a OEA juntamente com a Vende Patria tentou um golpe terrorista fracassado, orquestrado e financiado pelo Império Yankee, mas: Eles não puderam e não vão! Que fique claro que nós, o povo e suas organizações trabalhistas e sociais, nunca desistimos!
  4. FORTALECEMOS A SOBERANIA, a INDEPENDÊNCIA E A AUTODETERMINAÇÃO NACIONAL PARA A PAZ E A PROSPERIDADE, apesar de todas as agressões do império e dos combatentes apátridas. Este glorioso povo nicaraguense que conhece lutas e honras, conseguiu conquistar outra grande vitória nas históricas eleições nacionais deste 7 de novembro com a FSLN; e sabemos que com nosso Presidente Comandante Daniel Ortega Saavedra e nosso vice-presidente Compañera Rosario Murillo, continuaremos a prosperar em Paz e Bem, este é um sol que não declina! não há barreiras que não possamos romper com a Inteligência Espiritual e a Coerência dos Maiores Nicaraguenses, Gênios e Patriotas: Diriangén, Nicarao, Tomas Ruiz; nossos heróis, heroínas e orgulho nacional como: Andrés Castro, Rubén Darío, Benjamín Zeledón, Blanca Estela Arauz, General Augusto C. Sandino, Rigoberto Lopez Pérez; Comandantes Carlos Fonseca e Tomas Borge.

 

Para todos os nossos irmãos e irmãs continuaremos a defender o decoro nacional!

 

 

Soberania não é discutida, é defendida…!

 

 

Colônia nunca mais!

 

 

Nem um passo para trás!

 

 

Aqui não nos vendemos nem desistimos!

 

 

Eles não podiam, e não podem!

 

 

Comunicado ao povo da Nicarágua. Manágua, 20 de novembro de 2021.

 

 

Frente Nacional dos Trabalhadores
Frente Nacional dos Trabalhadores
Frente Nacional dos Trabalhadores
Frente Nacional dos Trabalhadores
Frente Nacional dos Trabalhadores
Frente Nacional dos Trabalhadores
Frente Nacional dos Trabalhadores
Frente Nacional dos Trabalhadores
Frente Nacional dos Trabalhadores
Frente Nacional dos Trabalhadores

 

 

 

Foto:  Frente Nacional dos Trabalhadores | A VOZ DO SANDINISMO | 20/11/2021




 

 

SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

O Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB
Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *