Publicidade

Fora da lei, fora de si, fora da responsabilidade. E daí?

  • em


Se alguém estiver fora da lei, fora de si e fora da sua responsabilidade, o que acontece? Certamente vai ser processado, contido, responsabilizado. Quando perguntado sobre o número de mortos pela pandemia, Bolsonaro disse: “E daí? Lamento. Quer que eu faça o que?”

 

O país inteiro ficou chocado com essa frase e com sua falta de compaixão com os milhares de infectados (já mais de 135 mil) e de famílias de mortos (em torno de 600 por dia). Três em cada dez brasileiros tem um conhecido infectado. Além da falta de compaixão, o presidente desrespeita a Constituição, as leis e as normas, mesmo sendo o funcionário público número um.

 

Participar de atos antidemocráticos, defender a ditadura, atacar e querer passar por cima do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal, interferir na Polícia Federal em proveito próprio, colocar assinatura não autorizada de um ministro em documento e não cumprir as regras de distanciamento social é condição jurídica para um impeachment.

 

O Presidente se mostra descontrolado em público com gestos e frases agressivas contra as instituições e a imprensa.  Há forte suspeita de que foi contaminado pelo vírus em sua viagem aos Estados Unidos. Além do risco de espalhar o vírus ao abraçar pessoas, inclusive após limpar o nariz com o braço, provoca aglomerações com total falta de responsabilidade.

 

Ataca governadores e prefeitos que estabelecem o distanciamento social para salvar vidas. Mostra que está fora da lei, fora de si, sem compaixão e sem compromisso com a população brasileira. Ele mesmo está criando as condições para sua rejeição e desaprovação que vêm aumentando cada vez mais, conforme mostram as diferentes pesquisas.

  • Compartilhe