Publicidade

Famílias saem às ruas de Mauá para protestar contra fome, desemprego e corrupção

  • em



Cerca de mil famílias ocuparam as ruas de bairro no ABC paulista e marcharam até um supermercado da região para protestar

 

 

 

Cerca de mil famílias saíram às ruas da periferia de Mauá, no ABC paulista, no sábado (27), para protestar contra a fome, a corrupção e o desemprego no governo. O ato foi realizado pela frente Povo na Rua, fora Bolsonaro. A frente ocupou as ruas do bairro de Cerqueira Leite e foi acompanhada de organizações populares, como o Movimento de Luta nos Bairros Vilas e Favelas (MLB), Movimento de Mulheres Olga Benario, associações de bairro e a Unidade Popular pelo Socialismo (UP), entre outras. Os manifestantes marcharam até um grande supermercado da cidade para protestar contra a fome e exigir que nenhuma família passe o Natal sem ter o que comer.

 

 

 

Hoje, o país tem 14 milhões de pessoas desempregadas e mais de 30 milhões sobrevivendo de “bicos”, e nesse cenário todos os dias cerca de 100 milhões de brasileiros não sabem se vão ter o que comer e como alimentar seus filhos. “O preço dos alimentos sobe diariamente, o gás de cozinha ultrapassa 100 reais, o litro da gasolina já custa mais de 7 reais na maioria das cidades. Não bastasse, 33 milhões de pessoas não têm onde morar e vivem completamente vulneráveis”, afirma uma ativista que participou das manifestações.

 

 

 

“Para piorar, no último período, temos visto cenas revoltantes de trabalhadoras e trabalhadores se aglomerando nas filas do osso e em caminhões de lixo para recolher carcaças a fim de se alimentar. Neste mesmo Brasil, a família de Bolsonaro e o alto comando das Forças Armadas fazem farra com o dinheiro público, compram mansões, comem picanha de 800 reais o quilo e os soldados do exército tomam banho com leite condensado”, disse ainda.

 

 

 

:: Pesquisa do IBGE: setor rural e negros sofrem mais com perda de qualidade de vida no país ::

 

 

 

Os manifestantes destacaram que no comando do Ministério da Economia, Paulo Guedes, responsável por fazer os bancos lucrarem mais de R$ 60 bilhões no ano passado, faz agora fortuna com contas abertas em paraísos fiscais. “A verdade é que se trata do governo mais corrupto da história do país, disputando esse posto apenas com o período da ditadura militar. O povo não aguenta mais e por isso segue nas ruas exigindo o fim desse governo”, afirmou a ativista.

 

 

 

Foto da capa/legenda: Os manifestantes marcharam até um grande supermercado da cidade para protestar contra a fome. @_amanzza / @jorge.ferreiiraa

 




 

 

SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

O Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB
Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *