Publicidade

Ética

  • em


Palavra tão antiga, tão usada e tão castigada.

 

Afinal, o que é Ética?

 

Ninguém tem que se meter na postura e no comportamento das pessoas sobre sua vida e visão pessoal, desde que estas não atinjam outras pessoas ou queiram impor a sua moral aos outros. Não tem nada a ver com Ética. Isto é Moral.

 

A Ética se dá nas relações, na postura e na conduta social, cultural de uma coletividade.

 

A Ética é um conjunto de regras, concordando você com elas ou não, a pessoa tem que seguir; pois o processo civilizatório alcançou aquele patamar em que a sua moral não pode se impor a esta conduta, a estes pressupostos éticos.

 

As profissões tem seu Código de Ética. Temos o Código de Ética do advogado, do médico, por exemplo.

 

Se um bandido entra num hospital junto com um policial e ambos estão feridos, o que fará o médico?

 

Se o soldado sofreu uma escoriação e o bandido um tiro e pode morrer, será este atendido em primeiro lugar.

 

“Barbaridade” dirão alguns.  Não. Não é barbaridade.  O médico vai atender aquele que corre risco de vida em primeiro lugar. A vida de um é igual a do outro, seja do soldado ou do bandido.

 

Usei este exemplo radical, para sacudir o pensamento das pessoas, e você que me lê deveria ser tão radical na sua conduta diária, se quiser um mundo melhor.

 

Tristemente, nesta semana, vimos como certas pessoas – a partir de seus preceitos morais – violaram regras e condutas éticas, no caso da menina estuprada.

 

Nossa Lei permite e garante o aborto legal, em casos de estupro, ademais contra vulnerável, o caso da menina, repito, de apenas dez anos e abusada desde os seis.

 

Não importa sua opinião, sua moral. Guarde-a para si. O dever ético do médico – com a decisão judicial – é fazer o aborto; e acabou.

 

Foi ilegal e nem foi ético ir para o hospital protestar; mais grave ainda. Foi a tentativa de invadir o local.

 

Este debate é central.

 

Sem a observância dos princípios éticos não há civilização.

 

Quanto à sua postura moral, repito à exaustão, guarde-a para si, para a sua consciência; não tem nada a ver com a ética conquistada com o processo social e civilizatório.

 

Adeli Sell é vereador em Porto Alegre

 

  • Compartilhe