Publicidade

Equador autoriza entrada e vacinação da vacina Sputnik V

  • em



A Agência de Regulação e Controle Sanitário e o Instituto de Saúde Pública atenderam o Ministério da Saúde

Neste sábado (15), o governo do Equador anunciou o registro para uso local da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19. Os órgãos nacionais de controle sanitário autorizaram a entrada das doses do Sputnik V no Equador . Na noite passada, o ministro da Saúde, Camilo Salinas, divulgou documento confirmando que assim que a compra das fórmulas das vacinas russas for concluída , elas poderão chegar ao país.

 

A Agência de Regulação e Controle Sanitário (Arcsa) e o Instituto de Saúde Pública, Leopoldo Izquieta Pérez, atenderam ao pedido, feito ontem por Salinas, segundo informou hoje o site do El Comercio.

 

Neste sábado houve aqui no Brasil uma live com juristas, médicos, cientistas e governadores, entre outros, discute questões jurídicas e científicas relacionadas aos pedidos para uso da vacina Sputnik V. Entre os presentes, o chefe do Laboratório de Virologia Molecular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Amílcar Tanuri.

 

Ele é autor de proposta para que a Anvisa aprove a importação da Sputnik V em lotes, com documentação individual para cada remessa. A sugestão foi acolhida pela Subcomissão Especial sobre o Complexo Econômico e Industrial da Saúde, da Câmara dos Deputados, em audiência na última quarta-feira.

 

Reprodução do site Misto Brasília

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *