Publicidade

Enfim, Ibaneis bota acampamento fascista pra correr e fica atento a ameaças

  • em


O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, determinou que a Esplanada dos Ministérios deve ficar fechada para veículos e pedestres neste domingo (14). A medida está no Decreto Nº 40.881/2020, publicado na noite deste sábado (13), em edição extra do Diário Oficial do DF.

 

Segundo Ibaneis, a decisão foi tomada devido às aglomerações verificadas na Esplanada nos últimos dias, contrariando as normas sanitárias de combate ao novo coronavírus. Trata-se de uma referência ao grupo fascista “300 do Brasil”, cujo acampamento na Esplanada dos Ministérios foi fechado neste sábado pelo governador, a pedido do Ministério Público, devido à pandemia de Covid-19.

 

Em reação, esse mesmo grupo tentou invadir o Congresso Nacional e foi impedido pela Polícia Legislativa, por determinação de Davi Alcolumbre, presidente do Congresso.

 

Por tudo isso, está proibido o trânsito de veículos e de pedestres entre 00h e 23h59 deste domingo. O acesso aos prédios públicos federais localizados na Esplanada somente será permitido a autoridades e servidores públicos federais devidamente identificadas que estejam em serviço.

 

O governo do DF também está atento às ameaças declaradas por alguns manifestantes. Por exemplo, há vídeos no WhatsApp em que Ibaneis é atacado por manifestantes. “Sabemos que você foi um dos 20 governadores que tentou derrubar o presidente. Mandou a polícia em cima da gente, com truculência. Agora é conosco, vamos mostrar para o senhor com quem o senhor mexeu. Seu agiota, safado. Vamos colocar o senhor no seu devido lugar”, disse um dos manifestantes.

 

Ibaneis ressalta que ainda estão permitidas manifestações no local, desde que comunicadas com antecedência e autorizadas pela Secretário de Segurança do DF. A fiscalização de tais atos será feita pelo Departamento de Trânsito (Detran/DF) e pelo Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER/DF).

 

Confira o Decreto Nº 40.881/2020

 

  • Compartilhe