Publicidade

Em Porto Alegre faltam respiradores, mas propaganda tem

  • em


Porto Alegre não deve ser a única cidade com um prefeito egocêntrico, gastador e que mente em “Live” e na mídia.

 

Aqui, Marchezan, o filho do antigo líder do ditador Figueiredo, acha que é rei.

 

Nunca dialogou com a Cidade e com a Câmara Municipal. Nunca antes houve governo com tanta troca de secretários e assessores.

 

Só sabe repetir que “não há recursos”, mas gastou antes da Pandemia quase 35 milhões na mídia local e nacional numa tacada.

 

Diz que não tem como fazer hospital de campanha, comprar mais respiradores e testagens, porque não há recursos.

 

Mas para aumentar a conta gorda da mídia local, acompanhado do seu governador   também tucano, a dupla inundou a mídia com anúncios desviantes da realidade.

 

As cestas básicas ele não explica como e quem distribui, mas seus idiotas que querem mostrar serviço, entregam no Facebook, CCs e vereadores generosos, dando alimentos.

 

O teste da cretinice será na semana nas sessões remotas e telemáticas da Câmara para ver quem vai cobrar e quem vai se calar.

 

As entidades não exigiram um Comitê de crise plural da sociedade, passaram o tempo “ouvindo” o prefeito. Vejam seus sites e Facebook; e eu provo em estudo – www.adelisell.com.br – que suas ações foram pífias. Entidades da sociedade civil fizeram o que a patronal e o governo não fizeram.

 

Aprovamos na Câmara lei que criou um auxílio. Pouco e insatisfatório, mas vamos cobrar. Faltam respiradores, mas propaganda tem! E vocês que choram o vosso capital são responsáveis pela omissão até aqui. Vão chorar mais com vidas que serão ceifadas.

 

Para terminar, seu projeto para não pagar o Previmpa – fundo de aposentadoria dos servidores -será derrotado. E não vamos permitir a quebra do monopólio da nossa Procempa e vamos impedir a privatização do Mercado Público.

 

Adeli Sell é líder da Bancada do PT em Porto Alegre. 
  • Compartilhe