Publicidade

Eles são criminosos!

  • em


Havia me comprometido em escrever matérias semanais sobre os problemas do cotidiano das comunidades.
Mas quando um Ministro como este General Heleno ameaça a sociedade e o Estado de Direito e quando numa reunião do Palácio Ministros cometense-se  outros tantos crimes, sou obrigado a falar e dizer que são até aqui tímidas demais todas as reações.
Teria dado tempo para uma contundente representação da OAB. Parece que algo está a caminho.
Mas o Tempo não para.
Eles não pararam, pois os amigos do General já mostraram suas garras e os robôs de Fake News não param.
E os partidos?
A esquerda patina e patina fazendo Lives.
Urge uma representação conjunta para atacar de morte vários crimes de responsabilidade  do Presidente e Ministros.
Todos do STF tem obrigação de abrir processo crime contra Weintraub.
As entidades do Meio Ambiente tem que representar contra  Ricardo Sales.
E o que farão os governadores contra a Damares?
Presidente e Ministros criminosos pela ação e omissão no combate à pandemia tem presentes elementos que darão suporte a um genocídio e terão que ser levados ao TPI – Tribunal Penal Internacional.
E é claro e evidente que temos elementos em profusão para uma representação na Corte Internacional de Direitos Humanos em São José da Costa Rica.
Eles caminham para a destruição  da Nação.
Eles querem jogar o povo na mais infamante miséria moral e social.
O Presidente quer uma coroa como aquela do Rei Luís XIV para dizer que é sua.
Os Ministros são oriundos da escumalha da sociedade pós moderna de um Capitalismo de araque.
Vivemos o 1925 da Alemanha do qual muitos se riram. Mas o Tempo deu o poder supremo a Hitler e seus assassinos.
A fala de Weintraub foi a mais bruta e clara: fez coro ao Presidente!
Adeli Sell é vereador do PT em Porto Alegre.
PS – Vejam partes do vídeo. Está tudo ali. Aproveitem os tempos (ainda) de um certo sentido de vida dado por governadores de visões  políticas diversas, mas pelo menos guiados pela ciência, para ver na internet O Ovo da Serpente. 
  • Compartilhe