Publicidade

Eles denunciam o massacre em Tolima, número 48 durante 2021 na Colômbia

  • em



Neste ano, o país sul-americano registrou 84 lideranças sociais assassinadas

 

O Instituto de Estudos para o Desenvolvimento e a Paz (Indepaz) denunciou na segunda-feira um massacre ocorrido no município colombiano de Espinal, localizado no departamento de Tolima.

 

Segundo a Indepaz, no fato de três homens terem sido assassinados no povoado de La Trinidad, localizado na cidade de Chicoral (zona rural), “as vítimas foram baleadas em diferentes partes do corpo, sua identidade ainda não foi esclarecida, dois deles eram de nacionalidade venezuelana ”, acrescentam.

 

A Indepaz reiterou que a Ouvidoria emitiu uma resolução alertando sobre a presença de vários grupos armados, “o nível de risco na área foi alertado pela presença de vários grupos irregulares e pelo confronto entre eles”, acrescentam.

 

 

Entre as organizações que passam pela área estão a Segunda Marquetalia, os dissidentes das FARC e os grupos paramilitares Autodefesa Gaitanistas de Colômbia e Águilas Negras.

 

A situação da ordem pública na Colômbia é crítica: nos últimos dois dias, dois líderes sociais foram assassinados e um massacre foi perpetrado, este último no departamento de Cauca (sudoeste do país).

 

Depois desse evento aberrante, o país sul-americano completa 48 massacres em seis meses de 2021, bem como o assassinato de 84 lideranças sociais no mesmo período. Desde a assinatura do Acordo de Paz em 2016, a Colômbia registrou o número impressionante de 1.200 líderes sociais assassinados.

 

 

Da Telesur

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *