Publicidade

Dino inicia mudanças em seu secretariado

  • em


 

O governador do Maranhão, Flávio Dino, deu início hoje, 30, quarta-feira a um processo de mudanças no quadro de secretários e outros auxiliares diretos. Segundo o governante, a reformulação do quadro dirigente do Estado se estenderá por um mês.

 

O deputado federal Márcio Jerry assumirá a Secretaria de Cidades; o deputado federal Rubens Pereira Jr a Secretaria de Articulação Política; o secretário Rodrigo Lago assume a Secretaria de Agricultura Familiar (SAF); Júlio Mendonça assume a presidência da AGERP. Com as mudanças, assumirão vagas na Câmara dos Deputados Gastão Vieira e Dr. Antônio Elizabeth Gonçalo.

 

Dino traz para dentro do governo os dois deputados federais eleitos por seu partido, o PCdoB, os únicos que seguem religiosamente as orientações do Palácio dos Leões nas votações no Congresso Nacional. Já os dois suplentes pertencem a partidos de direita. Vieira ao PROS e Gonçalo ao Republicanos.

 

Da reunião que decidiu a primeira mexida no secretariado, participaram o chefe da Casa Civil, deputado estadual Marcelo Tavares, os dois deputados federais que saíram secretários, o secretário Rodrigo Lago, que muda de função, e o próprio governador.

 

Apesar de não haver sido explicitado, a atual Secretaria de Comunicação e Articulação Política (Secap) deverá voltar ao formato anterior com cada função cabendo a uma Secretaria. A modificação necessita de autorização legislativa.

 

A escalação de Rodrigo Lago para a SAF parece indicar a candidatura do secretário a um mandato de deputado estadual, caminho que já foi trilhado pelo atual deputado estadual Adelmo Soares, detentor da SAF no primeiro mandato de Flávio Dino. Lago é filho do ex-deputado estadual Aderson Lago, que exerceu quatro mandatos na Assembleia do Maranhão, e neto do deputado J. Pires, que chegou à Presidência do legislativo maranhense.

 

  • Compartilhe