Publicidade

DF: Comunidade ativa na elaboração do Plano de Manejo do Parque do Bosque

  • em


O Parque da Unidade de Conservação do Parque Distrital de São Sebastião/DF (UCPDSS/DF), ou Parque do Bosque, como é popularmente conhecido, passa por uma etapa importante rumo a sua regularização: a elaboração do Plano de Manejo.

 

No início de 2020 deu-se início o processo de elaboração do Plano de Manejo (PM) da Unidade de Conservação do Parque Distrital de São Sebastião (UCPDSS/DF), executado pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e Geo Lógica e que conta hoje com a participação do Fórum da UCPDSS ou Fórum do Parque do Bosque.

 

A elaboração desse PM é fruto de lutas engendradas por diversos segmentos do movimento popular de São Sebastião que remontam algumas décadas, desde os Amigos do Parque que conseguiram barrar a invasão da área nos anos de 1990, passando por 2010, quando a Unidade de Conservação (UC) passou por um processo de vitalização, até 2016 quando houve Audiência Pública sobre o Parque.

 

O Termo de Referência, documento com as diretrizes para a elaboração do PM foi publicado em 2017, sendo um passo decisivo rumo ao processo de regularização do Parque. Somente neste ano (2020) começou a ser elaborado, encontrando alguns empecilhos práticos por conta do contexto de pandemia, o que dificultou ainda mais a ampla participação da comunidade.

 

 

No intuito de vencer esse desafio, representantes da comunidade fundaram o Fórum da UCPDSS que fez sua primeira reunião no dia 28 de julho de 2020, para alinhar perspectivas, medir possibilidades, reconhecer os entes e agentes desse processo e representar os interesses da comunidade em relação ao Parque. O Fórum tem como missão traçar objetivos, metas e propostas em prol do Parque, participar da Oficina de Planejamento Participativo (OPP), mobilizar voluntários e parceiros, além de discutir acerca de outras demandas socioambientais do território.

 

Atualmente o Fórum conta com representantes de diversos segmentos ligados à defesa do meio ambiente, cultura, saúde, educação, arquitetura e urbanismo, engenharia ambiental, agroecologia, comunicação etc. O Fórum é aberto, democrático e sem vinculações governamentais ou partidárias. Inscreva-se por meio desse link: https://forms.gle/tz79nz7q78sbDMPN7

 

É essencial que a comunidade se aproprie dessa luta e compreenda os trâmites burocráticos para regularização do Parque do Bosque, além de estruturar uma metodologia de atuação coletiva, efetiva e integrativa de proteção ao meio ambiente. Assim, dominará melhor os caminhos para regularizar, conservar e ocupar com arte, educação ambiental e cultura outras tantas áreas do território com o mesmo potencial e valor ecológico, por exemplo: a ARIE do Mato Grande (que está sendo ocupada irregularmente), a área de mata ciliar do córrego Borá Manso e ribeirão Santo Antônio da Papuda, o triângulo do Córrego Agudo, a área em volta da Q. 12 do morro azul, o bosque atrás do CED São Francisco etc.

 

Isaac Mendes é Pedagogo (UnB), Arte-Educador e coordenador do Ponto de Cultura Ludocriarte, Coordenador da Associação Cultural Supernova, na cidade de São Sebastião – DF.
  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *