Publicidade

Debate: “Um céu de estrelas” – do grotesco e do sublime

  • em


O evento será transmitido ao vivo no canal do YouTube da BCE/UnB, nesta quarta-feira, dia 17/6, às 17h30. Este debate sobre o filme Um Céu de Estrelas, de Tata Amaral (1996), é promovido pelo Cineclube da Biblioteca Central da UnB e faz parte do Ciclo Cinema Brasileiro revisto em 5 décadas. O convidado é o professor de cinema João Lanari.

 

Sinopse – Dalva, uma cabeleireira do bairro da Mooca, São Paulo, decide romper seu relacionamento de 10 anos com Vítor, um metalúrgico, também do bairro. Em seguida, ganha um concurso de cabelo e uma passagem para concorrer as finalíssimas em Miami. Vê nesta viagem a possibilidade de se livrar do universo opressivo em que vive e decide ficar por lá, afastando-se da mãe e do ex-noivo. O filme começa quando Dalva está arrumando sua mala, para viajar no dia seguinte. Ainda não teve coragem de contar para a mãe. Toca a campainha. É Vítor quem chega.

 

Um Céu De Estrelas, em seu lançamento, foi festejado pela imprensa como um dos melhores longas da nova safra de filmes brasileiros dos anos 90, a safra batizada de retomada do cinema nacional. Foi também um filme muito premiado (Trieste/97, Biarritz/96, Boston/97, Havana/97), tanto pelos méritos da diretora quanto pelos da atriz principal, Alleyona Cavalli (hoje, Leona Cavalli).

 

A história, retirada de um livro de Femando Bonassi, foi livremente adaptada por Jean-Claude Bernardet e Roberto Moreira com a colaboração de Márcio Ferrari. O longa de Tata Amaral é um filme de orçamento baixo – cerca de U$ 380 mil – e de ação claustrofóbica, cerrada no cenário único de uma casa da classe baixa paulistana.

______________
Serviço:
Evento: Debate sobre o filme Um Céu de Estrelas, de Tata Amaral (1996)
Convidado: Professor João Lanari
Dia
: 17/6
Hora: 17h30
Formato: Vídeo conferência com transmissão ao vivo pelo canal YouTube BCE/UnB

 

  • Compartilhe