Publicidade

Cuba vence e vai vencer!

  • em



Em uníssono com o povo revolucionário cubano, a Rede de Intelectuais e Artistas em Defesa da Humanidade (REDH) faz um apelo ao mundo inteiro para que se mantenha vigilante e se oponha aos movimentos de ingerência que o governo dos Estados Unidos e seus seguidores pretendem aplicar em Cuba. Alertamos sobre as implicações da recente campanha por um “corredor humanitário” que os Estados Unidos estão promovendo sob o pretexto da pandemia, já que Cuba não só é um país único no Sul, mas também está entre os primeiros do mundo em o ranking Vaccine, por suas políticas universais de atendimento humanístico e altamente profissionalizado, apresenta a menor letalidade por essa condição. Cuba apoiou dezenas de países com esta proposta de humanidade para salvar vidas.

 

 

O governo dos Estados Unidos está determinado a provocar um surto social em Cuba. Para tanto, o governo de Joseph Biden não só falhou em suprimir a crueldade das sanções que seu antecessor Donald Trump intensificou, mas também tem insistido em fomentar a tendência subversiva contra Cuba. Trump redobrou ao máximo as medidas cruéis do bloqueio econômico, financeiro e comercial; além disso, aproveitou as repercussões econômicas causadas pela pandemia para impor medidas punitivas adicionais. É a imposição dessas sanções ilegais que afeta Cuba e é por isso que o povo, o governo cubano e a própria comunidade internacional reclamam com urgência o fim do bloqueio.

 

 

A Rede de Intelectuais e Artistas em Defesa da Humanidade insta o presidente Joseph Biden a observar a resolução que rejeita o bloqueio emitida 29 vezes pela Assembleia Geral da ONU, por ser contrária ao direito internacional. Solicitamos também a Biden que cumpra imediatamente seu compromisso eleitoral de revogar as medidas de fortalecimento do bloqueio tomadas por Trump.

 

 

Apoiamos decididamente as medidas adotadas pelo governo e pelo povo cubano para defender sua independência, sua soberania e seu projeto socialista de emancipação. Apoiamos o povo cubano que se mobiliza em defesa de sua revolução e, com o mesmo espírito, apoiamos o apelo do presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez ao mais democrático dos atos: a tomada da rua pelo povo, com os revolucionários na vanguarda, para conter esta última ameaça de golpe suave.

 

 

Cuba vence e vencerá todas as tentativas contra-revolucionárias imperialistas! Não há poder no mundo capaz de derrotar seu povo heróico!

 

 

Rede em Defesa da Humanidade.

Our America, 11 de julho de 2021

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *