Publicidade

Cruzes para lembrar os mortos por Covid-19 no Dia Mundial da Saúde no RS

  • em



 

 

 No dia Mundial da Saúde foram colocadas cruzes para lembrar as 70 pessoas mortas por Covid no município de Santana do Livramento.

 

 

 

 

No Dia Mundial da Saúde, o Parque Binacional localizado na fronteira de Santana do Livramento no Rio Grande do Sul com a cidade de Rivera no Uruguai, amanheceu com 70 cruzes fincadas, em memória das pessoas mortas por Covid-19 na cidade santanense. Houve um ato com a participação dos movimentos sociais, sindicatos e de representantes do Comitê Popular por Democracia e Direito à Saúde Pública.

 

 

“Precisamos lembrar os profissionais de saúde e as pessoas mortas pela Covid-19. Temos que mostrar que não é só uma gripezinha como o presidente falou”. A data coincide quando da criação da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 1948. Nesta quarta-feira, 7 de abril também foram realizados atos nos municípios de Caxias do Sul, Passo Fundo, Sapiranga, São Leopoldo e Porto Alegre.

 

 

Na capital os trabalhadores percorreram as ruas centrais em direção à Prefeitura, levando um caixão simbolizando as mais de 337 mil vidas perdidas por conta da Covid-19 no Brasil.
Os trabalhadores cobraram a quebra da patente para vacinas, agilidade na imunização contra Covid-19 para toda população, Auxílio Emergencial no valor de R$ 600 reais, e políticas públicas para pequenas e médias empresas no Rio Grande do Sul.

 

 

 

Senado aprecia projeto de autoria do senador gaúcho Paulo Paim que pede quebra na patente de vacinas

 

 

A proposta do PL 12/2021 de autoria do senador pelo Rio Grande do Sul Paulo Paim (PT) começou a ser apreciada, nesta quarta-feira, 7 de abril, em sessão virtual. O presidente da Casa, senador Rodrigo Pacheco (Democratas – MG) retirou a proposta da pauta, após muitas discussões. Explicou no seu encaminhamento que o assunto será analisado na reunião de líderes nesta quinta-feira, 8. Conforme a decisão, o projeto poderá ser incluído na votação desta quinta mesmo. “A suspensão temporária de patentes das vacinas e dos medicamentos contra Covid-19 é urgente e essencial para conseguirmos vacinar toda a população. Precisamos salvar vidas, retomar as atividades, gerar empregos”, lembrou o senador Paulo Paim.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *