Publicidade

Criada Rede de Solidariedade no DF. Saiba como colaborar.

  • em


Em meio à pandemia do novo coronavírus, um grupo de militantes de várias causas sociais e políticas vem buscando fazer a diferença. Essas pessoas criaram a Rede de Solidariedade e estão recolhendo recursos financeiros, alimentos, material de limpeza e higiene para repassar às famílias que sofrem com as consequências do isolamento social recomendado pela OMS.

 

A ideia, segundo Hellen Frida, uma das organizadoras do movimento, é fazer o socorro imediato, uma vez que “No momento de uma pandemia, além de lutar por políticas públicas amplas como a esquerda e a oposição fez no Congresso Nacional, elevando de R$ 200 para R$ 600 o benefício da Renda Básica Emergencial, pessoas comprometidas com um Brasil mais justo precisam desenvolver ações imediatas e concretas em favor da sobrevivência das famílias dos segmentos mais excluídos da sociedade.

 

Um dos coordenadores do movimento lembra que a pandemia apenas agravou uma situação que já era ruim: “Nosso povo já vem sofrendo com o desemprego, a queda da renda e dos salários, a informalidade, a precarização e o corte das políticas públicas, com uma crescente parcela empurrada a viver nas ruas. A pandemia vem agravar tudo isto”, disse Jefferson Oliveira, da Coordenação da Rede de Solidariedade.

 

Desigualdade de renda

 

Unidade da Federação com a maior renda per capita, o DF é, também, a mais desigual. Pesquisa feita pelo IBGE mostra que, o Índice de Gini – que mede a diferença de renda em uma escala de 0 a 1, sendo 1 a maior desigualdade per capita – bateu o recorde em 2019, com média de 0,545 para todo o Brasil. O DF ficou acima dessa média com 0,569 no ano passado.

 

A proposta do grupo é, nas próximas semanas, atender o maior número possível de famílias em várias cidades do DF, enquanto durar o estado de calamidade pública.

 

Como ajudar

 

As contribuições para a Rede de Solidariedade podem ser feitas através da seguinte conta do Banco do Brasil:

Agência: 3599-8

Conta corrente: 40.777-1

Centro de Estudos e Assessoria – CEA

CEF/DF: 07.371.001/001-59

 

Alimentos e materiais de limpeza e higiene podem ser entregues nos seguintes endereços:

GUARA 2 – QE 13, CONJUNTO 13. Telefone: (61) 99272 – 9011

TAGUATINGA – QNM 36 Conjunto T Casa 44. M norte

(Próximo ao Bernardo Sayão)

  • Compartilhe