Publicidade

CPI do Covid-19 vai ajudar Lula a vencer no 1º turno?

  • em



Todos sabem que Lula tem milhões de votos fiéis no Brasil inteiro. Parte porque foi o presidente mais bem avaliado que o país já teve, parte pelo seu carisma e pelo suporte dos militantes do PT e da esquerda. Sabendo isso, a classe dominante fez de tudo para impedi-lo de ser candidato a presidente em 2018, colocando o juiz Sérgio Moro para forjar uma condenação por crimes inexistentes, com decisivo apoio dos juízes do TRF-4. O STF, no entanto, anulou as condenações fraudadas e Lula voltou ao jogo da disputa eleitoral para a presidência, em 2022.

 

 

Embora o fascismo mais o neoliberalismo, representado pelo atual presidente Jair Bolsonaro, ainda esteja com alguma força política, as pesquisas eleitorais começam a mostrar que brasileiros e brasileiras começam a enxergar o desastre que é o governo Bolsonaro. Principalmente, pelo fundo do poço ao qual o Brasil foi levado, no enfrentamento à pandemia do coronavírus, que trouxe mais de quatrocentas mil mortes e milhões de infectados, além de milhões com sequelas da doença. Como se não bastasse, levou a economia à uma séria recessão, gerando desemprego, fome, desalento e aumento da miséria.

 

 

O desastre que se tornou o governo Bolsonaro, atacando instituições e a todos que ficassem na sua frente, gerou uma rápida e forte reação do STF, do Congresso Nacional, de boa parte da população nas redes sociais e até mesmo da Globo. Culminou com o STF, acatando pedido do Senado, obrigando a instituição a dar início à CPI do Covid-19.

 

 

Em editoriais anteriores, propusemos uma reflexão sobre o papel dessa CPI, combinado com a ação do Centrão, que está sempre ávido por cargos e dinheiro para viabilizar seus projetos eleitorais para 2022. Identificamos que esses cerca de trezentos parlamentares e mais a CPI estavam encurralando o presidente Bolsonaro, motivados por um conjunto de provas de seu desgoverno na proteção de todos, incentivando o contágio e consequente avanço do número de mortos. O ponto alto foi o total desinteresse por apoiar as medidas de isolamento social, de uso permanente de máscaras e, principalmente, a aquisição de vacinas, única solução para evitar a doença e suas graves consequências. E afirmávamos que o Centrão não é suicida, ou seja, não irá para o buraco junto com Bolsonaro.

 

 

As pesquisas do Datafolha, por outro lado, mostram que Lula vence Bolsonaro, com mais de vinte pontos de diferença no segundo turno. Mas a grande novidade é a recente pesquisa da Vox Populi, que mostra a vitória de Lula já no primeiro turno. Lula tem mais intenção de votos do que a soma dos demais candidatos. Esse resultado mostra que, se apenas Lula e Bolsonaro disputarem o cargo, Lula terá a vitória no primeiro turno, com perto de 60%. Ao que tudo indica, a grande maioria do povo brasileiro faz questão de demonstrar que já cansou desse governo de ódio, de mentiras e de destruição.

 

 

Nas pesquisas eleitorais, o povo tendo que escolher entre um candidato da morte e da guerra, representado por Bolsonaro, e um candidato da vida e da paz, tem uma clara e majoritária preferência por Lula.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *