Publicidade

CPERS Sindicato manifesta preocupação para retomada das aulas no RS

  • em


A presidente do CPERS/Sindicato do Professores do Rio Grande do Sul, Helenir Aguiar Schürer, manifesta preocupação em artigo publicado nesta terça, 26 no site da entidade sobre o protocolo para retomada das aulas. Segundo a professora, que trabalhou oito anos em séries iniciais, é preciso antes de mais nada alertar para a higienização das escolas. Englobando máscaras, água, sabão, álcool em gel, corrimões, maçanetas, tapetes, utensílios descartáveis.

 

“Como abrir escolas antes do pico? Como, se nem sabemos quando será o pico?”, destaca Helenir. Ressalta ainda, “governador, nossas escolas não podem ser transformadas em bombas biológicas. Faltam testes, falta, falta controle, falta segurança. Não falte com as nossas vidas”. Ao final, ressalta “escolas fechadas, vidas preservadas”. A proposta para retomada das aulas será apresentada pelo governador Leite nesta quarta-feira, 27.

 

O chefe do Executivo estadual tem sinalizado para a possibilidade que se faça isto, por meio da educação à distância, para este início. Lembrando que as aulas foram interrompidas a partir de 18 de março até o mês de junho. Para tanto, o recesso de inverno que ocorre normalmente em julho, foi antecipado para maio.

 

 

 

  • Compartilhe