Publicidade

Covid: em alta há 13 dias, média móvel sobe para 36,6 mil casos no Brasil

  • em



Número de óbitos também começou a subir. O Brasil registrou índice de 122 mortes nesta quarta-feira (8); dez estados não relataram óbitos

 

O Brasil registrou nesta quarta-feira 51.265 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 31.314.513 infectados pelo coronavírus desde o começo da pandemia. A média móvel foi de 36.629 diagnósticos positivos, a maior desde 21 de março, quando o índice foi de 37.093. O número é 112% maior que o cálculo de 15 dias atrás, o que demonstra tendência de alta há 13 dias consecutivos

 

Os dados são do consórcio formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo e reúne informações das secretarias estaduais de Saúde divulgadas diariamente até as 20h. A iniciativa dos veículos da mídia foi criada a partir de inconsistências nos dados apresentados pelo Ministério da Saúde.

 

O país também registrou 301 mortes por Covid-19, elevando para 667.701 o total de vidas perdidas no país para o coronavírus. Já a média móvel foi de 122 óbitos. O número registrado é 13% maior que o cálculo de duas semanas atrás, o que demonstra tendência de estabilidade. Dez estados não registraram mortes nas últimas 24 horas.

 

Os números de casos e mortes foram atualizados em 25 estados.

 

A “média móvel de 7 dias” faz uma média entre o número do dia e dos seis anteriores. Ela é comparada com média de duas semanas atrás para indicar se há tendência de alta, estabilidade ou queda dos casos ou das mortes. O cálculo é um recurso estatístico para conseguir enxergar a tendência dos dados abafando o ruído” causado pelos finais de semana, quando a notificação de mortes se reduz por escassez de funcionários em plantão.

 

Vacinação

 

Ao todo, 21 unidades federativas do Brasil atualizaram seus dados sobre vacinação contra a Covid-19 nesta quarta. Em todo o país, 178.674.128 pessoas receberam a primeira dose de um imunizante, o equivalente a 83,17% da população brasileira.

 

A segunda dose da vacina, por sua vez, foi aplicada em 166.593.188 pessoas, ou 77,55% da população nacional. Já 95..072.044 pessoas receberam uma dose de reforço, ou 44,25% dos brasileiros habilitados. Pelo menos 3.983.485 já receberam a segunda dose de reforço.

 

Até o momento, ao menos 12.671.273 crianças de 5 a 11 anos já receberam a primeira dose contra a Covid-19. Esse valor representa 61,81% da faixa etária. A vacinação infantil nas capitais tem avanço desigual, falhas de registro e atraso nos dados. Por isso, as estatísticas podem estar aquém da realidade. Apenas 7.326.117 ou 35,74% das crianças dessa faixa etária receberam a segunda dose.

 




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *