Publicidade

Covid -19: Universidade Federal gaúcha participa de pesquisa sobre pessoas com mais de 60 anos 

  • em


O estudo quer saber e entender o que as pessoas com mais de 60 anos, estão pensando, sentindo e fazendo em tempos de pandemia. Quer investigar como as informações impactam na saúde mental dos idosos.  E vai buscar como é o acesso do público às informações disponíveis por meio do rádio, TV, sites da Internet e Whatsapp.

 

A pesquisa chamada “Coronavírus e Covid-19: um estudo com pessoas idosas e idosos” não tem um prazo final definido. A ideia é que seja realizada enquanto a pandemia persistir.  Os dados começaram a ser coletados na cidade de Porto Alegre no dia 15 de julho. Também serão pesquisados dados no exterior, nas cidades de Lisboa (Portugal), Madri e Barcelona (Espanha), Roma (Itália) e Concepción (Chile).

 

A coordenação é da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) no estado de Minas Gerais, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Católica de Brasília (UCB), Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ), Universidade Federal Fluminense, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UNIRIO) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV).

 

Pela UFRGS, participam do estudo Alexandre Fávero Bulgarelli, um dos coordenadores da pesquisa, as professoras Maira Rozenfeld Olchik e Adriane Ribeiro Teixeira, coordenadoras da Universidade Aberta para Pessoas Idosas (Unapi/UFRGS) e a diretora do Centro de Pesquisa em Odontologia Social, professora Camila Mello dos Santos.

 

  • Compartilhe