Publicidade

Coronavírus atinge todos os municípios do Rio Grande do Sul

  • em


Todos os 497 municípios gaúchos já registraram pelo menos um caso da doença. Nesta quinta, 29 de outubro,a cidade de Garruchos, apareceu no balanço da Secretaria Estadual da Saúde. O município, na Fronteira-Oeste teve quatro casos positivos da doença.

 

Apesar da taxa de ocupação de leitos ter apresentado uma baixa leve, nesta quinta, 68,9%, municípios gaúchos mantém o alerta. No município de Gravataí, o Hospital Dom João Becker teve aumento de ocupações nas duas últimas semanas. Existem 10 leitos exclusivos para Covid-19, no sábado, 24 de outubro, nove deles estavam ocupados. Em função disso, todas as estruturas de atendimento criadas durante a pandemia serão mantidas pela direção do hospital. Dois hospitais no município de Canoas também enfrentam lotações. Assim como nas cidades de Esteio, São Leopoldo e Sapucaia do Sul.

 

Em Porto Alegre, no Hospital Moinhos de Vento, um Comitê de Enfrentamento do Coronavírus, faz uma avaliação a cada 24 horas. Na segunda-feira, dia 26 houve restrição de atendimentos por ter atingido seu limite de ocupação.

 

Na avaliação de especialistas, esses podem ser reflexos do feriado de 12 de outubro. A preocupação aumenta principalmente com a chegada de mais um feriado de Finados. O coordenador-geral da Rede Brasileira de Cooperação em Emergências (RBCE), médico Armando De Negri Filho ressalta que é preciso manter o alerta, “talvez não tenhamos segunda onda, porque não sairemos dela”. O Rio Grande do Sul chega a 243.402 casos de Covid-19, com 5.729 mortes.

 

Mapa do distanciamento controlado do RS, divulgado no dia 23/10 pelo governo do Estado. Pioram os índices da macrorregião Missioneira, Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo são classificadas com risco alto de contaminações por Covid-19.

 

  • Compartilhe