Publicidade

Com 2.760 mortes por Covid-19 nas últimas 24h, Brasil passa de 491 mil óbitos em 1 ano e 3 meses

  • em



O Brasil registrou 2.760 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando, nesta terça-feira (15), 491.164 óbitos desde o início da pandemia. É o maior número de óbitos registrados em um único dia desde 5 de maio — quando chegou a 2.791. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.980. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +6% e indica tendência de estabilidade nos óbitos decorrentes do vírus.

 

 

Além de contabilizar 491.164 óbitos e 17.543.853 casos, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa com dados das secretarias de Saúde, a média móvel é de 1.980 óbitos por dia. Em casos, são em média mais de 70 mil registrados por dia.

 

 

A contagem do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) registrou, nesta terça-feira (15), 2.468 mortes por Covid-19 e 80.609 novos casos da doenaç nas últimas 24 horas. No total, o País ultrapassa, com os últimos registros, 490.696 mortes e 17.533.221 de casos do novo coronavírus. média móvel de mortes ficou em 1.986 nesta terça-feira; o índice revela a média óbitos nos últimos sete dias no País.

 

 

No último domingo (13), a média móvel de mortes por Covid-19 atingiu 2.000, na segunda-feira este número também foi alto, ficou em 1.973. Levantamento da CNN Brasil mostra que, dentre os estados, seis já ultrapassaram a marca de 1 milhão de infectados pela doença, são eles: São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia e Santa Catarina.

 

Em número de mortes, o estado de São Paulo lidera, com 118 mil óbitos, seguido pelo Rio de Janeiro, que soma 53 mil mortes pela doença.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *