Publicidade

Chuvas deixam um morto e causam bloqueios de estradas no RS

  • em


Equipe da Defesa Civil em Caxias do Sul

A chuva intensa provocada por um ciclone extratropical que atingiu o Rio Grande do Sul provoca estragos em diversas regiões do estado. Desde alagamentos, deslizamentos de terra até bloqueios de rodovias. Segundo boletim divulgado pela Defesa Civil, 276 pessoas estão desalojadas e 64 desabrigadas.

 

Após um deslizamento de terra, um homem morreu em Caxias do Sul, nesta quarta-feira, 8 de julho. Geisson Máximo Vitz, estava em casa, quando seu imóvel foi atingido por duas pedras grandes e desmoronou. Uma mulher foi resgatada com vida dos escombros e encaminhada para atendimento pelo Serviço Médico de Urgência (SAMU). As filhas do casal, uma menina de 9 e outra de 15 anos, estavam fora, na casa da avó.

 

Centenas de pessoas foram retiradas de casa por causa de cheias nos córregos e rios nos municípios de Santa Rosa, Santa Tereza, Ijuí, Encantado, Lajeado, Arroio do Meio, São Sebastião do Caí, e Três Coroas. Estão bloqueados trechos de uma estrada estadual, o km 208, entre Passo Fundo e Marau, e o Km 259, entre Casca e Paraí. Dois trechos de rodovias federais (Km 193 da BR-470, entre Veranópolis e Bento Gonçalves e o Km 129,5 da BR-116, Em São Marcos), estão totalmente bloqueados.

 

Pelo menos 60 ocorrências foram registradas entre queda de árvores e alagamentos na cidade de Porto Alegre. Entre terça e quarta-feira foram registrados mais de 100 milímetros de chuvas na capital. O vento superou 70 Km/h.

 

Os principais rios seguem em elevação nas bacias localizadas na metade norte do estado. Entre estes os rios Taquari, Das Antas, Caí, Sinos, Gravataí, Pardo e Ijuí.

  • Compartilhe