Publicidade

Casos de covid-19 no Maranhão passam de 4 mil e já atingem mais de 100 municípios

  • em


O Maranhão registrou hoje (02) 4.040 casos confirmados de covid-19, distribuídos em 103 municípios. O Estado tem 217 municípios. O número de óbitos decorrentes da doença é de 237. Os casos continuam concentrados na ilha da capital, São Luís, que acumula 80,29 por cento dos casos, o que significa que está havendo uma migração para o interior, pois o percentual de pacientes contaminados já foi superior a 90 por cento na ilha.

 

Na parte continental do Estado, o principal foco é a segunda maior cidade maranhense, Imperatriz, onde há 190 casos diagnosticados. Seguem-se Bacabal com 34, Caxias e Açailândia com 27 cada e Pinheiro, Santa Inês e Santa Rita com 25 em cada uma.

 

Hoje, o governador Flávio Dino expediu decreto em que requisita os serviços de 200 bombeiros civis para atuar na organização das filas que estão se formando em torno das agências da Caixa Econômica Federal desde que começou o pagamento da renda básica emergencial. O órgão já foi multado pelo Procon em mais de um milhão de reais, mas as aglomerações continuam a ocorrer, inclusive hoje, uma vez que a Caixa abriu suas portas para atendimento. O decreto prevê o ressarcimento da CEF ao Estado com a contratação dos bombeiros civis.

 

Amanhã, domingo, o governo deve editar decretos que disciplinarão o lockdown, decidido por sentença judicial, mas acatado pelo Executivo. A paralisação total das atividades não essenciais começa na próxima terça-feira, 05, e se estenderá por 10 dias. São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, os quatro municípios da ilha, são o alvo do lockdown.

  • Compartilhe