Publicidade

Campanha Lula-Alckmin realiza caminhada com Simone Tebet no Distrito Federal

  • em



A candidata à Presidência pelo MDB/PSDB/Cidadania, senadora Simone Tebet (MT), nas eleições do último dia 2, estará em Brasília, nesta quarta-feira (19), para reforçar a campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na capital do País para o segundo turno da disputa.

 

 

Aliada importante nas estratégias da campanha do candidato, a emedebista participará de uma ato popular marcado para às 16, na Praça do Povo, no Setor Comercial Sul (SCS), de onde partirá numa “Caminhada pela Paz” junto com a população e militantes de mais de uma dezena de partidos que aderiram à campanha do petista no DF.

 

 

A coordenação da campanha de Lula em Brasília prepara uma grande mobilização. Todos os candidatos eleitos e não-eleitos da frente pró-Lula foram acionados para levarem suas bases ao ato. O objetivo é que o evento alcance uma grande repercussão e seja capaz de convencer os eleitores indecisos a votarem no petista. “A adesão de Simone Tebet e sua vinda ao DF nos dá mais vigor para a reta final dessa campanha”, afirma Geraldo Magela ,da coordenação da campanha no DF.

 

 

“Vamos fazer um grande evento destacando a importância da participação das mulheres na política e reunindo toda a nossa militância num grande ato em favor da paz e de Lula presidente”, completa Rosilene Corrêa, da coordenação política.

 

 

Tebet é considerada peça-chave na disputa eleitoral, graças ao bom desempenho alcançado na disputa do primeiro turno. No DF, ela obteve mais de 100 mil votos, alçando a terceira colocação dentre os candidatos. A senadora afirmou ter declarado voto em Lula por entender que o candidato não representa riscos para a democracia, ao contrário do atual presidente Jair Bolsonaro (PL).

 

 

“É hora de união. Vamos com Lula por um Brasil que combata a fome e todos os preconceitos, que defenda a vida, a ciência e o meio ambiente”, declarou Tebet à imprensa.

 

 

A senadora incluiu três propostas de sua campanha ao programa de governo de Lula. São elas, a criação de uma poupança para jovens que completarem o ensino médio, sancionar a lei que garante igualdade de salários entre homens e mulheres que exerçam a mesma função e a criação de um ministério plural.

 

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *