O Brasil registrou 963 mortes por Covid-19 e 40.904 novos casos confirmados nas últimas 24 horas, segundo dados atualizados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (30).  Os números das últimas 24 horas totalizam 554.460 mortes e 19.880.273 casos confirmados em apenas 15 meses.

 

 

Enquanto o número de mortes, embora em queda, continua alto, informações pelo jornal Folha de S. Paulo, desta sexta-feira (30), revelam que o Ministério da Saúde travou o repasse de R$ 666 milhões destinados a estados e municípios.

 

O valor foi reservado pelo Congresso por meio de emendas parlamentares.

 

20 estados e 25 municípios, que deveriam ter recebido o dinheiro, não receberam o valor.

 

O Amazonas, o mais favorecido pelas emendas após colapso de saúde, deveria ter obtido mais de R$ 160 milhões.

São Paulo deveria ter recebido R$ 19 milhões.

 

O bloqueio prejudicou tanto desafetos de Jair Bolsonaro, como Randolfe Rodrigues e Kim Kataguiri, quanto aliados, como Carla Zambelli e Flávia Arruda.

 

Técnicos do Congresso afirmam que o bloqueio se dá por uma portaria da Saúde que impôs limite às transferências a estados e municípios.

 

Do DCM com informações da Folha e edição do Jornal Brasil Popular