Publicidade

Brasil registra 2.798 mortes por Covid-19 em 24 horas e total passa de 282 mil

  • em


No fim do dia desta terça-feira (16), enquanto o mundo e, sobretudo, os EUA, países europeus e asiáticos começam a controlar a pandemia com a vacinação em massa, o Brasil repete mais um recorde negativo na pandemia do novo coronavírus: 116 mortes por Covi-19 por hora.

 

Esse é um dos dados assombrosos da falta de combate à pandemia pelo governo Bolsonaro. O País contabilizou, na tarde desta terça, 11.609.601 casos e 282.400 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa. Nas últimas 24 horas, 2.798 pessoas morreram de Covid-19 e 84 mil novos casos foram registrados.

 

Na contagem do consórcio de imprensa, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.976, também um novo recorde. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +48%, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

 

É o que mostra novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta terça.

 

Já são 55 dias seguidos com a média móvel de mortes acima da marca de 1 mil, e pelo nono dia a marca aparece acima de 1,5 mil, aproximando-se agora de 2 mil. Foram 18 recordes seguidos nesse índice, registrados de 27 de fevereiro até aqui.

Com informações da imprensa

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *