Publicidade

Brasil na OTAN? Ministro das Relações Exteriores diz que há ‘impossibilidade’

  • em



O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, respondeu a questionamentos neste sábado (18) sobre a eventual participação do Brasil na Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) durante a Conferência de Segurança de Munique.

 

 

Conforme informou o portal Metrópoles, o chanceler brasileiro foi categórico ao ser questionado sobre a possibilidade de o país ingressar na OTAN: “não”.

 

 

Bronwen Maddox, diretora-geral do think tank Chatham House — Instituto Real de Relações Internacionais, foi quem questionou o ministro sobre a relação entre o país e o bloco atlântico. Ao ouvir a negativa, a Maddox perguntou a motivação.

 

 

Vieira, então, citou que há uma “impossibilidade” geográfica para a adesão.

 

 

Enquanto os países da OTAN defendem um incremento exponencial de armamentos para a Ucrânia, o Brasil tem pregado a negociação da paz através da criação de um grupo de países que possa mediar o conflito.

 

 

Mesmo pressionado pelo Ocidente a enviar armamentos e munições, Brasília mantém a posição neutra. Em encontro com o presidente dos EUA, Joe Biden, em Washington, o mandatário brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), reforçou a postura.

 

 

A posição do Brasil é a mesma de outros países da América Latina, inclusive da Colômbia, que é oficialmente “parceira global” da OTAN.

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *