Publicidade

Brasil é o país que mais sofre com ansiedade durante pandemia, aponta estudo

  • em


Uma pesquisa feita em 16 países diferentes e apontou que os brasileiros também têm se queixado de insônia, problemas relacionados à alimentação e dores de cabeça.  Segundo dados da Ipsos, quatro em cada dez brasileiros (41%) têm sofrido de ansiedade como consequência do surto do novo coronavírus.

 

De acordo com os dados levantados no Tracking the Coronavirus, realizado semanalmente pelo instituto com entrevistados de 16 países, as mulheres são as mais afetadas. Enquanto 49% se declaram ansiosas, 33% dos homens estão lidando com o sintoma no momento.

O índice de 41% ranqueia o Brasil na primeira posição entre as nações mais ansiosas. Em segundo lugar, está o México, com 35%. Com 32%, o terceiro posto vai para a Rússia. Por outro lado, Japão (6%), Alemanha (7%) e Coreia do Sul (15%) são os menos impactados pela ansiedade a nível global, segundo os ouvidos do estudo. A pesquisa reuniu também alguns pontos que os brasileiros vêm se queixando durante a pandemia.

 

Clique aqui e confira a pesquisa completa

 

  • Compartilhe