Publicidade

Bolsonaro reduz orçamento do combate à pandemia em 2022 e retira Coronavac das novas fases do PNI

  • em



Orçamento para combate à pandemia em 2022 é só 15% do empenhado este ano

 

Depois de cumprir ‘quarentena’ nos Estados Unidos da América (EUA), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, retomou a rotina sob pressão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia da Covid-19, do Senado Federal, e de Secretários Estaduais da Saúde.

 

Os Secretários de Saúde cobram de Queiroga uma posição sobre o Orçamento do setor para 2022: reserva apenas R$ 7,1 bilhões para o enfrentamento da pandemia, que representa apenas 17% do montante empenhado em 2020 (R$ 42,2 bi) e 15% do total autorizado em 2021.

 

O chefe da Pasta teve prazo até esta quinta-feira (7) para prestar à CPI esclarecimentos sobre o Plano Nacional de Imunização de 2022 e a retirada da vacina Coronavac das novas fases de vacinação a partir do ano que vem.

(*) Por Leandro Mazzini da Istoé

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *