Publicidade

Bahia quebra monopólio e transmitirá futebol estadual pela emissora pública TVE

  • em


O PT soteropolitano está em festa. Comemora a transmissão do Campeonato Baiano de Futebol pela emissora pública TVE. “Agora temos futebol para todos os baianos”,  disse o presidente do PT. Ele parabenizou a TVE e ressaltou a importância da emissora no fortalecimento e na democratização da comunicação e do futebol

 

O acordo da TVE com a Federação Bahiana de Futebol (FBF) para transmitir, com exclusividade, as edições de 2021 e de 2022 do Campeonato Baiano de Futebol, anunciado, na segunda-feira (15), pelo diretor-geral do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb), Flávio Gonçalves, foi considerado uma grande conquista para a democratização da comunicação no Brasil, especialmente, sobre o papel da TV pública neste processo.

 

 

“Agora temos futebol para todos os baianos”, declarou Ademário Costa, presidente do PT de Salvador. Ele comemorou a ação da TVE destacando o pioneirismo do governo estadual e da emissora. “É uma conquista muito importante para fortalecimento da comunicação pública e do esporte, ainda mais em meio a uma pandemia que impediu a ida aos estádios. O Governador Rui Costa e o diretor geral do Irdeb, Flávio Gonçalves, deram um passo importante na Bahia na efetivação de uma pauta há muito tempo defendida pelos governos federais do PT como política pública. Portanto, temos que comemorar o futebol para todos, principalmente para aqueles que não podem pagar um canal a cabo”, afirmou o dirigente.

 

O petista ainda destacou que a ação, assim como a cobertura do carnaval de Salvador pela TVE, tem incomodado os grandes grupos de comunicação locais, que visam apenas o lucro. “Sabemos que a TVE tem revolucionado as transmissões que são de interesse fundamentalmente público na Bahia e isso tem incomodado emissoras comerciais. A TVE tem tido um papel fundamental nesse processo de garantir o direito à informação e ao entretenimento para todas as camadas da sociedade, afinal o povo quer ver e quer se ver. E agora até que não tem aparelho de TV vai poder ver pela internet”, disse Ademário.

 

Ainda segundo o dirigente, o Brasil é um dos países onde há maior concentração da mídia. “Apenas cinco grupos de Comunicação detêm a propriedade de 50% dos veículos, entre emissoras de TV, rádios e jornais, de acordo com pesquisas. No Golpe de 2016 eles tiveram uma participação crucial de ataque contra a democracia e foram protagonistas do caos político que se instalou no Brasil de lá pra cá, com os governos de Temer e Bolsonaro”, relembrou Ademário.

 

A TVE irá exibir 25 jogos pela emissora. A competição garante vagas para a Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série D do Campeonato Brasileiro. “Antes, a TV Bahia fazia 13 jogos na TV aberta, a TVE fará o dobro na TV e nas redes sociais, consolidando algo que o ex-presidente Lula disse quando esteve na Bahia, em 2018, de que o trabalhador, que não pode pagar TV por assinatura, também tem o direito de ver o seu time preferido de forma gratuita. Isso é a democracia, isso é romper com as velhas estruturas de uma comunicação concentrada”, completou o presidente.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *