Publicidade

Aumento na velocidade de pacientes internados com Covid-19 em Porto Alegre provoca restrições à abertura do comércio

  • em


Shoppings serão fechados a partir da próxima segunda-feira, 15 de junho. Restaurantes e academias também serão impactados com as novas regras. O aumento no número de pacientes internados por coronavírus na capital gaúcha provocam as novas regras. O decreto foi anunciado pelo prefeito Nelson Marchezan, na sexta-feira (12). As lojas com faturamento em mais de R$ 360 mil reais também serão afetadas. As academias terão atendimento individual e os restaurantes só poderão receber clientes até às 23h.

 

Em sete dias, houve um aumento em 43,7% nos casos de internação. Porto Alegre tem 174 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com coronavírus, destes 37,9% estão ocupados. Se os os números seguissem com a mesma velocidade, em cerca de 15 dias, 100% dos leitos destinados à Covid-19 estariam ocupados.

 

Em transmissão nas suas redes sociais, o Chefe do Executivo, explicou, “as decisões de hoje são baseadas na velocidade e não ocupação total dos leitos. Temos capacidade para atender a demanda atual e o seu eventual crescimento. Não é o crescimento da demanda de leitos que nos assusta. O que nos fez acender o sinal de alerta, foi a velocidade da demanda”.

 

Sede da Prefeitura de Porto Alegre / Foto: Joel Vargas/PMPA
  • Compartilhe