Publicidade

As lições da greve dos petroleiros

  • em


A Federação Única dos Pe- troleiros (FUP) encerrou uma greve que agregava, a cada dia, mais empregados do Sistema Petrobras e ampliava para ou- 4 tras categorias, que veem seus empregos desapareceram com as privatizações. Uma greve questionando a política do governo que visa a esquartejar e internacionalizar a Petrobras, com efeitos destru- tivos para a economia nacional. A greve dos petroleiros tem essa importância política, es- pecialmente num momento de relativo refl uxo do movimento sindical, bastante golpeado pela reforma trabalhista e pelo des- monte do imposto sindical. Embora ainda não tenham sido atendidas todas as reivin- dicações, e sob fortes ameaças e multas do Tribunal Superior do Trabalho (TST), a greve – que pode ser retomada – já es- timulou um grande debate na sociedade. Os caminhoneiros autônomos, cuja maioria vo- tou em Bolsonaro, já falam em fazer uma caravana de 30 dias pelas regiões sul, sudeste e cen- tro-oeste do Brasil contra a po- lítica antinacional da direção da Petrobras. Seu lema: Fim do PPI, já. No último número do Jor- nal Brasil Popular, foi publica- do o signifi cado da sigla PPI, que repetimos transcrevendo do manifesto dos caminhonei- ros. “PPI, preço de paridade de importação, é o sistema criado pelo presidente da Petrobrás, em 2016, para encarecer os combustíveis produzidos no Brasil em torno de 15% e des- truir a Petrobras. Mesmo com combustível 70% produzidos aqui, nós pa- gamos como se ele fosse 100% importado. Todos os cami- nhoneiros, que são os princi- pais consumidores de diesel, e o povo brasileiro pagamos pelo que nunca ocorreu: pelo transporte de navio que não houve; por um seguro de car- ga que não existiu; por taxas de importação e de internação desse produto no Brasil e, de- pois de tudo isso, o lucro em- butido no preço, sem disputa pelo mercado”. Dessa forma, a Associação Nacional dos Transportadores Autônomos do Brasil – nor- malmente conservadora em suas posições políticas – está em vias de oferecer ao conjun- to da sociedade uma extraordi- nária ação de maturidade po- lítica, questionando a política de destruição da Petrobras e de punição do povo brasileiro.

  • Compartilhe