Publicidade

Argentina vai doar um milhão de vacinas anticovid para a Bolívia

  • em



As vacinas que chegam ao país serão usadas para reforçar as doses da população com mais de 18 anos.

 

 

O ministro da Saúde e Esportes da Bolívia, Jeyson Ausa, informou nesta sexta-feira que seu país receberá a doação de um milhão de vacinas AstraZeneca para o combate ao Covid-19 da Argentina, que serão entregues por sua homóloga Carla Vizzotti.

 

 

A ação faz parte da visita que o Ministro da Saúde argentino fará à Bolívia com o objetivo de revisar e aprofundar as estratégias comuns de enfrentamento da pandemia, controle das variantes e pontos vinculados aos programas de saúde das duas nações.

 

 

Auza destacou que todas as vacinas que chegam ao país serão utilizadas para reforçar as doses da população com mais de 18 anos, principalmente de pessoas que completaram o calendário entre janeiro e julho. Eles esperam que o carregamento chegue em 20 de dezembro.

 

 

 

 

“Tem sido um grande esforço do governo nacional obter vacinas para 100 por cento de nossa população vacinável, ter expandido a imunização para menores de 18 anos é um trabalho árduo, que desenvolvemos em conjunto com todos os governos subnacionais e o Presidente Luis Arce na cabeça ”, detalhou o dirigente.

 

 

Acrescentou que, como parte do impulso do Executivo para a campanha de vacinação na Bolívia, na última semana mais de 55.000 crianças com mais de cinco anos foram vacinadas.

 

 

Por sua vez, o Itamaraty emitiu nota explicando que “esta doação aumenta e fortalece os laços históricos de solidariedade e fraternidade que caracterizaram as relações entre os dois Estados”.

 

 

A entidade especificou que “nos mais de 700 quilômetros de fronteira entre a Argentina e a Bolívia, os processos migratórios e os intercâmbios culturais são emblemáticos de uma relação histórica que tanto os governos democráticos quanto os populares têm promovido como prioridade”.

 

 

O carregamento, que será transferido em uma aeronave C-130 da Força Aérea Argentina, se somará às 999.180 doses do medicamento Pfizer, administrado com mecanismo Covax para imunizar menores de 12 a 17 anos, principalmente no departamentos rurais bolivianos, onde o flagelo da quarta onda foi maior.

 

 




 

 

SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

O Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *