Publicidade

Apoiador de Bolsonaro, Ibaneis recebe Janja para discutir posse de Lula

  • em



O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), se reuniu com a esposa do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Rosângela da Silva, a Janja, para discutir a organização da posse do novo governo, que acontece no dia 1º de janeiro de 2023. O vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) também esteve presente.

 

Ibaneis, que é apoiador e aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL), disse que o trabalho será feito para que “a cerimônia aconteça da melhor forma”. A futura primeira-dama, que é a coordenadora da organização da posse do petista, anunciou o “Festival do Futuro”, com vários artistas convidados, entre os quais Pabllo Vittar, Duda Beat, Martinho da Vila e outros.

 

“Nesta manhã, recebi o Vice-Presidente eleito do Brasil, @geraldoalckmin, e a futura Primeira-Dama, @JanjaLula, para discutir a cerimônia de posse do Presidente @lulaoficial aqui em Brasília, em 1º de janeiro de 2023. Trabalharemos para que a cerimônia aconteça da melhor forma”, escreveu o governador Ibaneis Rocha (MDB) (@IbaneisOficial), no Twitter.

 

 

Janja também já demonstrou o desejo de que Lula suba a rampa do Palácio do Planalto ao lado de Resistência, a vira-lata adotada pelo casal. A cadela passou os 580 dias da prisão do petista na vigília montada em frente à Superintendência da PF (Polícia Federal), em Curitiba.

 

Line-up da posse. Além de Pabllo Vittar, Duda Beat e Martinho da Vila, outros 15 artistas já confirmaram presença na festa de posse de Lula, segundo Janja. São eles:

 

Pablo Vittar
Baiana System
Duda Beat
Gabi Amarantos
Martinho da Vila
Os Gilsons
Chico César
Luedji Luna
Teresa Cristina
Fernanda Takai
Johnny Hooker
Marcelo Jeneci
Odair José
Otto
Tulipa Ruiz
Almério
Maria Rita
Valeska Popozuda

 

Quem ainda é dúvida. Janja disse ainda ter entrado em contato pessoalmente com Gilberto Gil, Caetano Veloso, Ludmilla e Emicida. Os quatro ainda não responderam.

 

Gil está no Qatar para acompanhar jogos da Copa do Mundo. O cantor, de 80 anos, foi hostilizado por bolsonaristas na semana passada com manifestações racistas.

 

Para a posse de Lula, a Esplanada dos Ministérios contará com o mesmo esquema de segurança adotado no feriado de 7 de Setembro e no segundo turno das eleições, como mostrou a colunista do UOL Carolina Brígido.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *