Publicidade

Amigos do Papai Noel arrecadam cestas básicas para famílias amazonenses que sofrem pelas consequências da pandemia

  • em



 

O Natal já passou, mas os Amigos do Papai Noel, grupo de voluntários de Manaus com 22 anos de atuação, continuam trabalhando. O desafio agora é outro: com as medidas restritivas de distanciamento social para combate à COVID-19, muitos amazonenses ficaram desempregados ou sem poder trabalhar, acarretando em dificuldades financeiras para as famílias e aumento do risco de vulnerabilidade social.

 

Felizmente, o manauara é um povo solidário. Diversos grupos têm se dedicado a arrecadar recursos para compra de oxigênio, distribuir refeições na porta dos hospitais, dentre outros. E os Amigos do Papai Noel focaram nas famílias, que sem recursos, estão passando necessidades, pontua a coordenadora do grupo, a economista Denise Kassama. “E fome é algo que precisamos nos dedicar com a máxima urgência”, complementa Henrique Araújo, voluntário do grupo e coordenador deste projeto.

 

Assim, mesmo fora do seu período de trabalho, o grupo decidiu arrecadar e distribuir cestas básicas para as famílias necessitadas, contando com a ajuda de voluntários e amigos e redes sociais para ajudar nesta missão.

 

Eles não estipularam uma meta ou prazo. Enquanto houver necessidade, estarão trabalhando. “Quando os impactos da pandemia minimizarem e a economia reestabelecer seu rumo, aí entenderemos que a nossa missão foi cumprida”, acrescenta Henrique, finalizando que, “podemos estar fora da época de Natal, mas Solidariedade nunca fica fora de época”.

 

Telefones para contato: 99107-7762 – Henrique Araújo – coordenador do projeto

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *