Publicidade

Agricultores se reinventam para sobreviver à pandemia em Novo Hamburgo (RS)

  • em


Com a estiagem e a suspensão das aulas devido a COVID-19, os agricultores tiveram que se reinventar e estão oferecendo cestas de hortigranjeiros por encomenda e com entregas a domicílio. Um dos exemplos vem da Cooperativa de Produtores Rurais de Lomba Grande, que conta com 71 produtores e mais de 10 funcionários no município de Novo Hamburgo no Rio Grande do Sul.

 

Trabalhadoras da Cooperativa de Produtores Rurais de Lomba Grande. Presidente da Comissão de Apoio à Agricultura Familiar da Câmara Municipal de Novo Hamburgo (centro). / Foto – Divulgação Gabinete Vereador Enio Brizola

 

O trabalho foi acompanhado, na segunda-feira (11/5), pelos representantes das comissões de Apoio à Agricultura Familiar e de Alimentação Livre de Agrotóxicos da Câmara de Vereadores. O vereador Enio Brizola (PT) presidente das duas instâncias, explica que recentemente se alterou a lei do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE, permitindo que Estados e Municípios mantenham as compras de alimentos durante a pandemia, e façam a distribuição para os alunos em casa.

 

Segundo o vereador, “esta ação também foi importante para conhecermos a experiência de fornecimento de hortigranjeiros para a merenda escolar e como a cooperativa sobreviveu após a suspensão. Também conhecemos o emprego das ferramentas tecnológicas para as vendas diretas”.

 

Os membros das Comissões se comprometeram em agendar reuniões com a Secretaria de Educação, com o intuito de manter o abastecimento de merenda escolar por parte dos agricultores.

 

 

 

  • Compartilhe