Publicidade

A empresa que contratou os mercenários haitianos é propriedade de um seguidor venezuelano de Guaidó

  • em



A empresa que contratou os mercenários para o assassinato do presidente do Haiti, Jovenel Moise, está registrada na Flórida em nome de um partidário venezuelano da oposição Juan Guaidó, conforme indicado pelo vice-presidente venezuelano Delcy Rodríguez.
Durante uma conferência de imprensa oferecida pelo alto funcionário para dar detalhes da Operação Gran Cacique Guaicaipuro, realizada no oeste de Caracas, Rodríguez comunicou a informação já publicada pela AP sobre o dono da empresa mercenária envolvida no assassinato de Moise.

“Hoje na AP parece que a empresa mercenária que contratou os colombianos envolvidos no assassinato do Haiti pertence a um ativista de Juan Guaidó, Antonino Intriago, chefe de uma empresa mercenária com sede na Flórida”, disse o ministro da Fazenda.

 

Além disso, Rodríguez informou que Intriago convocou suas redes sociais para assassinar o presidente venezuelano Nicolás Maduro .

Do site Sputnik Brasil

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *