Publicidade

A crise energética da Europa se espalha para os alimentos

  • em



Os preços excessivamente altos da energia na Europa estão elevando os preços de tudo para o qual a energia é usada, incluindo alimentos – uma tendência que provavelmente alimentará ainda mais a inflação.

 

 

Em um relatório sobre o assunto, a Bloomberg observou que a inflação no Reino Unido deve chegar a 13% este ano, com um terço das famílias tendo que gastar mais de 10% de sua renda em energia.

 

 

Na Europa continental, as coisas não são muito diferentes, pois os preços do gás batem recorde após recorde.

 

 

“Seja torrando café ou produzindo açúcar de beterraba, as empresas até agora estão falando apenas sobre o aumento de matérias-primas”, disse Kona Haque, chefe de pesquisa da empresa de commodities ED&F Man, à Bloomberg. “Acho que o pior ainda está por vir à medida que os preços da energia aumentam. Este inverno será um divisor de águas e os custos de processamento provavelmente aumentarão.”

 

 

“Agora estamos além dos limites de acessibilidade para muitos usuários industriais, e podemos ver os alarmes de recessão disparando em breve”, disse o analista sênior da Rystad Energy, Kaushal Ramesh, ao FT há duas semanas, em comentários sobre o mais recente aumento de preço do gás natural depois que a Rússia reduziu o fluxo através do gasoduto Nord Stream 1 para 20 por cento.

 

 

De fato, o relatório da Bloomberg observa que os preços excessivos da energia estão forçando alguns produtores de óleo vegetal a realocar sua produção fora da Europa em busca de custos de energia mais baixos.

 

 

Pode piorar também para os preços dos alimentos, se a Europa tiver que recorrer ao racionamento de energia em caso de escassez de gás natural e eletricidade no inverno. De acordo com o relatório da Bloomberg, algumas fábricas de alimentos podem ter que ser fechadas, pois os governos priorizam a segurança energética doméstica.

 

 

A crise dos preços dos alimentos pode ser especialmente dolorosa para os britânicos, que neste mês foram instruídos pelas concessionárias de água a trocar os chuveiros por toalhas molhadas para economizar água.

 

 

Fonte: Oilprice.com




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

 

 

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *