Publicidade

A comunidade do Salgueiro

  • em



A COMUNIDADE DO SALGUEIRO, em São Gonçalo, não difere de nenhuma outra comunidade de favela ou de periferia do estado do Rio de Janeiro ou dos demais estados do Brasil.

 

Ela é igualmente constituída por gente pobre, preta e honesta, talvez até mesmo mais honesta do que a elite branca que costuma tratar esse povo sem oportunidades sociais e educacionais como bandidos, apenas por causa da cor de sua pele e do seu local de moradia.

 

Mas a comunidade do Salgueiro não é diferente das demais comunidades faveladas e da periferia também por outro quesito: o extermínio regular de seus jovens negros e as chacinas que se sucedem sem investigação e muito menos punição de seus autores.

 

A matança sistemática da população negra e pobre entra na conta do “combate ao tráfico”, fórmula mágica com que o poder branco e reacionário conquista o apoio das classes médias para manter aterrorizada e submissa a população preta e socialmente excluída.

 

É por isso que o enorme sofrimento dessas mães, dessas famílias destroçadas pela violência policial, não encontra eco na indignação da sociedade dita democrática, mas que não passa de uma democracia extremamente restrita ao mundo das classes médias brancas.

 

A religião lhes dá consolo espiritual, mas ainda são poucos os padres ou pastores que organizam a resistência terrena do povo oprimido. Portanto, os únicos meios de que conta efetivamente para lutar contra essa situação de opressão e discriminação, são o movimento negro, os partidos de esquerda e os diversos movimentos sociais e culturais que atuam ligados ao povo.

 

Porém, a sua arma mais decisiva é o voto consciente para derrotar o governo racista de Bolsonaro e abrir caminho para libertar social e etnicamente essa grande Nação, que é negra, mas ainda está presa num país de minoria branca.

 

Que cada comunidade popular se transforme num quilombo de resistência e luta!

 

Valeu Zumbi, pelo exemplo de luta!

 

(*) Por Val Carvalho – escritor e militante de esquerda.

 

 

 




 

 

SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

O Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB
Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *