Publicidade

7ª edição do Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais acontece em Maricá (vídeo)

  • em



Maricá, no Rio de Janeiro, sedia, neste fim de semana, o 7º Encontro Nacional dos Blogueiros e Atividas Digitais Seminário. O encontro acontece no Cine Henfil, é aberto ao público e termina neste domingo (24/7)

 

 

A Prefeitura de Maricá informou em seu site que a cidade sedia, neste fim de semana (23 e 24 de julho) a sétima edição do Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais. O evento ocorre no Cine Henfil, situado no centro da cidade. O encontro é aberto ao público e reúne profissionais da comunicação, da cultura e do ativismo digital para debater estratégias e trocar experiências.

 

A abertura ocorreu na noite dessa sexta-feira (22/7) e contou com a participação do vice-prefeito, Diego Zeidan; e do presidente da Companhia de Desenvolvimento de Maricá, Olavo Noleto. “Estamos vivendo um momento em que a desinformação está imperando na mídia no Brasil e no mundo. Temos a advento das fake News, que é um fenômeno e precisa ser combatido. O movimento jornalista livres traz cada vez mais um jornalismo espontâneo, menos fadado a interesses econômicos. É um privilégio ter esse evento em Maricá, que faz com que a cidade seja o centro do debate”, declarou Diego Zeidan.

 

É possível acompanhar o encontro pela Internet. A abertura pode ser vista pelo Canal do Barao, no YouTube: https://youtube.com/c/CanaldoBarao.

 

 

O 7º e trouxe discussões sobre temas desafiadores, especialmente na comunicação, em meio ao aprofundamento do fenômeno das notícias falsas, com a participação de representantes de diversas entidades, como a Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação e União Nacional dos Estudantes (UNE).

 

 

A jornalista Débora Cruz, da comissão organizadora do evento, destacou a volta do evento após as restrições da Covid-19.

 

 

“É com muita alegria que retornamos o encontro presencial, após dois anos de muita agonia e perdas de companheiros importantes para nós. Desde de 2010 realizamos o encontro com a mesma turma e é uma alegria muito grande estar aqui em Maricá, uma cidade acolhedora. O debate sobre democratização é extremamente importante”, disse.

 

 

Entre os assuntos abordados estão: “Civilização ou barbárie: o que está em jogo na eleição”; “Como enfrentar a guerra suja da campanha eleitoral”; e “Uma plataforma para democratizar a comunicação”. O primeiro dia de evento contou com homenagens ao jornalista Paulo Henrique Amorim, morto em 2019 vítima de infarto; à vereadora Marielle Franco (assassinada no Rio de Janeiro em março de 2018); ao ex-bancário do Banco do Brasil e ex-dirigente do Sindicato dos Bancários do Rio, Alexandre Costa Teixeira, morto em 2022 vítima de infarto; e ao jornalista Antônio Barbosa Filho, mais conhecido como “Barbosinha”, morto em 2022 vítima de câncer.

 

 

A programação conta também com o lançamento de livros, rodas de conversas e exibição do filme sobre Julian Assange. O presidente da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), Olavo Noleto, ressaltou a importância da comunicação.

 

 

“O evento reúne profissionais que trabalham e lidam em defesa da democracia, criando uma comunicação democrática, que é orgulho para Maricá. São personagens que constroem uma visão de futuro para esse país, com debate riquíssimo. Maricá ter oportunidade de receber debates desse nível é importante porque oxigena e traz um ambiente de reflexão, que fortalece as ideias e a capacidade de construir a cidade que nós queremos”, afirmou.

 

 

Confira a programação completa:

 

 

23 de julho, sábado, às 9 horas
“Como enfrentar a guerra suja da campanha eleitoral” – mesa: Larissa Gould (SP) e Oscar Barros (PI);
– Maria José Braga – presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj);
– Octávio Costa – presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI);
– Letícia Sallorenzo – jornalista, linguista e autora do livro “Gramática da manipulação”;
– Rita Von Hunty (Tempero Drag);

 

 

23 de julho, sábado, às 14 horas
“Uma plataforma para democratizar a comunicação” – mesa: Tania Mandarino (PR) e Dimas Roque (BA);
– Beth Costa – coordenadora do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC);
– Renata Mielli – coordenação do Centro de Estudos Barão de Itararé;
– Sergio Amadeu – professor da Universidade Federal da ABC (UFABC), criador e apresentador do podcast Tecnopolítica;

 

 

23 de julho, sábado, às 16 horas
Lançamento dos livros:
– Como derrotar o fascismo – Renato Rovai e Sérgio Amadeu;
– Novos rumos da comunicação comunitária no Brasil – André Fernandes (org.);
– De Lula a Bolsonaro: combates na internet – Rodrigo Vianna;

 

 

23 de julho, sábado, 17 horas – Roda de conversa e troca de experiências
Grupo 1. Coordenação e relatoria: Luciana Oliveira (RO) e Lissandro Nascimento (PE)
– Miguel do Rosário (O Cafezinho e revista Fórum);
– Roni Barbosa (Brigadas Digitais da CUT);
– Grupo 2. Coordenação e relatoria: Amanda Rodrigues (PB) e Fred Noleto (GO);
– Kiko Nogueira (DCM);
– Gilberto Souza (Correio do Brasil);
– Grupo 3. Coordenação e relatoria: Daniel Dantas (RN) e Andressa Flores (RS)
– Anderson Moraes (Empoderado);
– Fernando Brito (Tijolaço);
– Renê Silva (Vozes da Comunidade – Complexo da Maré-RJ);
– Bruna Brelaz (presidenta da UNE);

 

 

24 de julho, domingo, das 9 às 13 horas
Coordenação: Conceição Oliveira e Altamiro Borges;
– Saudação das delegações latino-americanas. Coordenação: Cláudio Machado;
– Experiência do ComunicaSul na Colômbia – Felipe Bianchi;
– Apresentação do documentário “Não foi acidente, mataram meu pai” – diretora Jana Sá (1h10);
– Lançamento dos livros:
– Democratizar a comunicação – Theófilo Rodrigues e Larissa Ormay (org.);
– O outro lado – Amanda Rodrigues;
– Filme sobre Julian Assange;
– Aprovação da Carta do 7º Blogprog e eleição da nova comissão nacional do Blogprog; um representante por estado – responsável Cido (30 minutos).

 

 

Com informações da Prefeitura de Maricá




SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *