Publicidade

Estudantes se manifestam contra a nomeação de Bulhões na UFRGS

  • em


Centenas de estudantes protestaram em frente à Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) nesta quinta-feira, 17 de setembro, contra a nomeação de Carlos Bulhões. Ele foi o último colocado nas eleições internas para reitor na universidade e também ganhou o menor número de votos na eleição do Conselho Universitário (Consun).

 

A nomeação foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, no dia 15. Contrariando a tradição de optar pelo primeiro colocado na lista tríplice com o maior número de votos.

 

“O professor Bulhões não possui nenhuma legitimidade para assumir a reitoria pelos próximos anos. Trata-se de uma medida que visa atacar a autonomia e democracia da Universidade”, explica a coordenadora-geral do DCE da UFRGS, Ana Paula Souza dos Santos. Participaram ato, representantes da Associação de Pós-Graduandos (APG) e o Sindicato dos Técnicos-Administrativos da Universidade (Assurfgs). Além de 40 centros e diretórios acadêmicos. Professores, representantes da União Nacional dos Estudantes (UNE). outros sindicatos, e as centrais sindicais CUT, CTB, Internsindical e Conlutas, além de parlamentares também estiveram presentes.

 

  • Compartilhe