Publicidade

Garota que dizia que coronavírus não mata, agora pede oração para avó que contraiu a doença

  • em


A militante de extrema direita, Camila Abdo, que negava a gravidade do coronavírus, gravou um vídeo em que faz um apelo dramático para que as pessoas orem pela sua avó, que contraiu o Covid-19 e está internada em estado grave. Ela fazia oposição feroz ao isolamento social e chegou a se revoltar quando a escola de seus filhos suspendeu as aulas por causa da pandemia. Ela até escreveu nas redes sociais que “Coronavírus não mata”.

 

O problema é que há muitas outras pessoas que agem da forma como fazia Camila e o movimento de pessoas e de carros nos centros urbanos voltou a aumentar. Essa mudança de postura é consequência das falas e atitudes de Bolsonaro contra as medidas de isolamento. Se houver descontrole nas mortes, ele pode ser apontado como um dos causadores.

Vale destacar que ainda é fundamental seguir o isolamento social.

  • Compartilhe